25 de Janeiro de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 23h:32 | Atualizado:

EFEITOS DO CIRA

Ação do Estado contra grandes devedores garantirá 13º ainda em 2019

Governador deve anunciar até final de semana data de pagamento

maurogallo.jpg

 

O secretário estadual de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo, afirmou que o pagamento do 13º salário dos servidores públicos está condicionado a entrada de dinheiro no caixa do estado em entrevista ao Bom Dia MT, no quadro Papo das 6h. Ele explica que até o final desta semana o governador Mauro Mendes (DEM) deve anunciar a data em que o pagamento será feito. “Nós estamos na Sefaz em um trabalho intenso na recuperação de ativos, junto com alguns parceiros, e nós devemos ter nesta semana alguns ingressos de receita, só que eles precisam se confirmar. Estamos falando desde o início que nós vamos cumprir com as nossas obrigações junto ao servidor público independente de qualquer recurso que venha do governo federal. As nossas perspectivas são muito boas, mas eu peço um pouquinho mais de paciência ao servidor público para passar uma informação precisa”, afirmou Gallo.

Conforme a assessoria de imprensa da Sefaz, os recursos aos quais o secretário se refere diz respeito ao Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). A busca pela conciliação com as empresas devedoras tem como objetivo reduzir o número de ações judiciais e também fazer com que o dinheiro público retorne, em um curto espaço de tempo, aos cofres do estado.

A maioria desse dinheiro, que o Cira busca recuperar, tem por natureza o Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviço (ICMS). Rogério Gallo destacou também os reflexos do ajuste fiscal feito pelo governo desde o início do mandato.

Segundo ele, somente agora vai ser possível pagar o salário dos servidores públicos em uma única parcela, no dia 10. “Neste mês, no dia 10, nós vamos quitar em uma única parcela, o salário de todos os servidores públicos, isso em decorrência de todas as medidas que foram adotadas, de ajuste fiscal, muitas vezes demonizadas, mas que visa exatamente isso, trazer equilíbrio, que melhora a vida do servidor público e da população”, afirmou.

O escalonamento de salário começou no governo passado, de Pedro Taques (PSDB). O anúncio de continuidade do escalonamento e o parcelamento do 13º de novembro e dezembro de 2018 foi feito no 4º dia de governo.

À época, o parcelamento foi feito da seguinte forma: os salários até R$ 4 mil e os benefícios dos pensionistas eram pagos no dia 10 de janeiro; servidores que recebem até R$ 6 mil, no dia 24; e os no dia 30. O 13º salário, remanescente de 2018, foi pago em quatro parcelas.

Com o passar dos meses, o escalonamento foi reduzindo gradativamente.

 

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Rafael | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 11h32
    3
    1

    Então acelera Robinho. Porque já demoraram muito. Vergonhoso a herança de governo a governo o mais do pior.

  • TONINHO (TRANS) | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 11h28
    4
    4

    Ai Folhamax tem que postar mais matérias sobre o universo LGBT, aiaiaiaiaiai. UUUIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Indignado | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 10h47
    8
    0

    Cumprir com a obrigação secretário é pagar dentro da data limete que é 20/12/19 independentemente de qualquer coisa,isso sim é cumprir com a obrigação,mas num governo sério lógico.

  • Servidor | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 10h23
    5
    3

    É só fazer arminha que o 13º vem em forma de 17° . KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Carlinhos | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 08h56
    18
    5

    Esse governo está desgraçando a vida de minha familia

  • D.O.A | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 08h50
    13
    4

    para MM conversa pra boi dormir..a grana ta la desde quando pagava no mes de aniversario,,se nao ta é pq gastou c outra coisa ,,vem c essa agora.

  • ana | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 08h11
    9
    2

    a SEFAZ precisa tambem investigar alguns fiscais e agentes que denigrem a maioria dos seus. caso aeroporto, como anda? era so aquele homem ou tem mais?

  • Rondonopolitano | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 08h06
    12
    2

    Esse cidadão fala tanto em crise mais não era que atuava no governo taques.

  • Antônio | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 07h36
    16
    4

    Todos sabemos que o dinheiro já está na conta única... mas esse governadorzinho incompetente quer pousar Salvador salvador da pátria... não existe servidor imbecil...

  • Ana - sesp | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 07h24
    12
    4

    Pelo amor de Deus, o que vocês estão fazendo com as PROGRESSÕES DE CARREIRA da gente??? Estou desde maio esperando. Isso é um abuso!!!! Cadê o ministerio publico????? Que incompetencia é essa da SEPLAG????

  • hector | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 04h16
    7
    3

    INCOMPETENTES, GOVERNO IRRESPONSÁVEL. Dê mais dinheiro aos poderes ao invés de cumprir sua OBRIGAÇÃO com os servidores. PARE DE ABRIR EDITAL a folha não suporta mais

  • Eleitor | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 04h11
    13
    3

    SECRETÁRIO A POPULAÇÃO JÁ SABE COMO AGE ESTE GOVERNO QUE VENDE DIFICULDADE PARA DIZER QUE COM A COMPETÊNCIA E TRABALHO RESOLVERAM AS DIFICULDADES; TENTOU A CONVENCER A TODOS DE UMA TAL CRISE FINANCEIRA E O IMPOSTOMETRO MOSTRA EM UM PAINEL ENORME QUE O ESTADO JÁ RECEBEU MAIS DE 30 BILHOES, E A PREVISÃO INICIAL ERA DE 19,7 BILHOES AI EU PERGUNTO AONDE ESTA A CRISE FINANCEIRA?PORTANTO, O GOVERNO SE QUISESSE JÁ PODERIA ESTAR PAGANDO NÃO DIA 10 MAS DIA 30 E PAGO O RGA, 13º SALARIO E PAGO TODOS OS FORNECEDORES RIGOROSAMENTE EM DIA. O GOVERNO PREFERE CONTINUAR COM ESSA CONVERSA DE CRISE E TENTANDO CONVENCER A TODOS DE QUE ELE E SUA BRILHANTE EQUIPE ESTÃO RESOLVENDO A CRISE.....GOVERNADOR A URNAS VAI TE MOSTRAR O QUANTO VOCES ESTÃO ENGANADOS PODE ESPERAR PARA VER....

  • vando | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 00h51
    12
    2

    essa conversa já é conhecida, vai enrolar e não vai pagar, essa galinha só conversa fiado todo ano e essa ladainha desse secretário, teve o nano todo, para cobrar e receber desses e devedores, só no final do ano que ele quer pressionar para receber.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS