16 de Junho de 2019,

Política

A | A

Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 11h:24 | Atualizado:

MARAJÁS DO LEGISLATIVO

Deputado defende auditoria sobre supersalários na AL

eugenio-deputado.jpg

 

O deputado estadual José Eugênio de Paiva (PSB), o Dr. Eugênio, defendeu a contratação de uma auditoria interna para analisar a situação de cada servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e identificar possíveis supersalários. O parlamentar foi entrevistado no quadro Papo das 6h, do Bom Dia MT, nesta quarta-feira (12).

“Vai ser feita uma auditoria interna que vai mostrar onde é que se pode cortar na carne. É isso que a Mesa Diretora e todos nós vamos verificar para poder cortar o que extrapola os limites”, declarou.

Para o parlamentar, a auditoria deve apontar os rumos a serem tomados para garantir a economia aos cofres públicos e chegar em um acordo com o funcionalismo do Legislativo.

Conforme o presidente, a média salarial dos servidores da Assembleia Legislativa é de R$ 12 mil para uma carga horário de 6h ao dia.

O primeiro-secretário, deputado Maxi Russi (PSB), é o responsável pelo levantamento que, segundo o presidente Eduardo Botelho (DEM), vai combater abusos praticados na ALMT.

O deputado criticou a progressão de carreira da ALMT e afirmou que o tema também precisa ser revisto.

“São poucas carreiras em Mato Grosso e no Brasil em que você atinge, em tão pouco tempo, o limite estabelecido. Em um ano, você faz um ou dois cursos, que podem ser online, e já acrescenta na progressão de carreira.

 

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Servidor da AL | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 15h20
    1
    0

    Os servidores da ALMT buscam regularizar essa situação desde 2015, em 2016 houve a discussão de um PCCS que está pronto para votação e que chega a exigir 30 anos de exercicio para que seja possivel chegar ao final da carreira(PL 189/2016), QUE SÓ NÃO FOI A VOTAÇÃO POR UM PEDIDO DO DEPUTADO EDUARDO BOTELHO. O PCCS da ALMT está completamente defasado, e prejudica também os servidores. O que não da pra aceitar é que a mesa diretora tenha decretado sigilo nas discussões quanto alterações no PCCS dos servidores e se recusa a discutir essa tema com os servidores que sempre cobraram seriedade nessa discussão

  • alexandre | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 15h02
    1
    0

    Cada deputado , ganha 90 mil mensais..

  • AP | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 14h14
    2
    0

    Tem que investigar, mas todos os servidores.

  • gorete | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 12h34
    3
    0

    auditoria para vi de deputado eles nao querem fazer ne

  • Sonia | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 11h37
    6
    1

    O que eleva muitos os salários, são as "verbas indenizatórias" que chegam a 6 mil reais paga aos auditores do Estado, e sem a incidência de qualquer tipo de tributo ou contribuição. Considerando a VI, os salários chegam a 40 mil reais por mês.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS