13 de Julho de 2020,

Política

A | A

Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 14h:38 | Atualizado:

POLITIZAÇÃO DA PANDEMIA

Emanuel chama Mauro de leviano e o acusa de criar crise por questão eleitoral

Prefeito afirma que governador moveu ação para fiscalizar leitos da Covid com objetivo de desgastá-lo em eventual reeleição


Da Redação

emanuel-mauro.jpg

 

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) criticou duramente ao governador Mauro Mendes (DEM) por uma ação movida pelo Governo do Estado contra a prefeitura de Cuiabá para garantir a fiscalização nos hospitais do município. Durante live nesta quinta-feira (28), onde anunciou retomada de algumas atividades econômicas, o chefe do Executivo Municipal acusou Mendes de "politizar" assuntos de interesse público para atingir uma possível candidatura sua a reeleição. 

“Eu não quero politizar esse assunto porque eu sei que o Governo quer criar problemas onde não existe para se satisfazer e tentar criar um cenário eleitoral inexistente. Eu não estou pensando em eleição. Nem sei se serei candidato. A minha eleição e o meu adversário é o Covid-19”, disparou.

As declarações foram dadas durante o anúncio do decreto que liberou o funcionamento de shoppings, bares, restaurantes e similares na capital. Na transmissão, ele rebateu a acusação do Executivo movida na justiça de que a prefeitura estaria impedindo o Estado de fiscalizar as Unidades de Terapia Intensiva dos pacientes com Covid-19.

Segundo ele, Mendes foi irresponsável ao judicializar a questão e que medidas “levianas” como essas “só atrapalham”. “Aí já é demais. Judicializar alegando que a prefeitura não permitiu que eles fiscalizassem as unidades de Covid-19 que a prefeitura está disponibilizando. Entreguei um plano para eles formatado por toda minha equipe técnica. É muita leviandade nisso e muita irresponsabilidade”, completou.

Emanuel aproveitou o momento caloroso da live para reafirmar que a prefeitura "carrega" os hospitais municipais nas costas e voltou a cobrar a dívida de R$ 60 milhões que o Estado tem com o sistema de saúde da capital. “Devem R$ 60 milhões à Saúde do município e não pagam. Só Deus e minha equipe sabem o sacrifício que é tocar a saúde pública na nossa capital e além de tudo ainda querem atrapalhar. Se trocasse as críticas e ataques por equipamentos, por insumos, por ajuda a população, nós estaríamos numa situação bem diferente”, disse.

Por fim, o prefeito cuiabano foi ainda mais longe ao dizer que o Estado não mantém pulso firme para liderar a pandemia, o que segundo ele, colaborou para a explosão de casos no interior. “A prefeitura age de forma linear. Não ficamos atendendo a sérias momentâneas pra lá e pra cá. O chefe do Executivo fala uma coisa, os servidores falam outra, o secretário fala outra. Não sabem o que faz e são inseguros. A prefeitura em nenhum momento agiu assim”, finalizou.

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • VERGONHA | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 17h49
    0
    0

    O. GOV. DE. MATO. GROSSO.......LAMENTÁVEL.....PIOR. NO. CONTROLE. DA. PANDEMIA......LIGUE. A. TV

  • Marco Antônio | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 17h45
    0
    0

    Mauro Mendes e sua inveja do prefeito Emanuel Pinheiro. O homem chega ao maior posto político do Estado e fica nesta mesmice com o prefeito, ajuda, o estado está contaminado, você está contaminado pelo poder e pela inveja. Vai orar.

  • pantanal | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 17h42
    0
    0

    DOIS LIXOS /////

  • Perplexo | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 17h28
    0
    0

    Leviandade do prefeito de Cuiabá é com os Cuiabanos em jogar o povo que o elegeu na fornalha liberando tudo....exatamente no pico da doença!! Não tem explicação o inexplicável! já é lembrado pelo eterno paletó, como se .não bastasse...a partir dessa medida Sera mortandade no paletó!! Que Deus nos livra desses ímpios!

  • Amaral antunes | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 16h34
    2
    2

    2 moleques, 2 bolsonaristas, 2 metidos. 2 que nunca farão falta, nem serao lembrados.

  • moreira | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h29
    5
    3

    Mané paletó tá roubando todo o dinheiro pro combate ao Covid

  • augusto cesar | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 14h55
    5
    3

    Fiscalizar é politizar? Tem algo pra esconder, sr. Prefeito?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS