27 de Maio de 2020,

Política

A | A

Sábado, 23 de Maio de 2020, 08h:22 | Atualizado:

SERVIÇO PÚBLICO

Estado reforça segurança e nomeia 30 novos delegados

delegado.jpg

 

O Governo do Estado de Mato Grosso realizou a nomeação de 30 novos delegados que reforçarão as atividades da Polícia Civil, especialmente nas unidades do interior. A convocação ocorre em razão da necessidade de recomposição do quadro de delegados, que vem sofrendo redução crescente nos últimos seis anos.

A nomeação foi feita pelo governador Mauro Mendes na sexta-feira (22.05) e publicada na mesma data, em edição extra do Diário Oficial.

O quadro da instituição apresenta déficit histórico, uma vez que entre 2014 e 2020 a Polícia Civil perdeu 69 delegados, contra apenas 18 nomeações no período, resultando em 51 servidores não repostos. A saída dos profissionais se deu em virtude de aposentadorias e mortes.

A reposição no quadro de delegados está relacionada ao serviço essencial de segurança pública prestado pela Polícia Civil, que não pode sofrer interrupção, especialmente no que tange ao reforço das investigações criminais, acolhimento de vítimas e o combate à corrupção.

Mesmo com a crise advinda da pandemia do novo coronavírus, com necessidade de restrições na circulação de pessoas e serviços, os atendimentos da instituição não param, a exemplo dos registros de boletins de ocorrências, investigações, locais de crime, diligências, instauração e conclusão de inquéritos policiais, assistência a mulheres e crianças vítimas de violência doméstica, entre outras ações diárias.

Somente nos primeiros 30 dias desde o início das restrições relacionadas à pandemia, foram registrados pela Polícia Civil 11.443 boletins de ocorrência e 874 medidas protetivas de mulheres. Ainda foram realizadas 1.491 prisões em flagrante, além da instauração de 2.851 inquéritos policiais e a conclusão de mais 2.026.

Atualmente, 45 municípios de Mato Grosso não contam com delegado de polícia. Com a entrada dos novos servidores, será possível suprir necessidades de unidades da região metropolitana e no interior, inclusive instalar o Plantão 24 horas para mulheres vítimas de violência em Cuiabá, Delegacias de Estelionato e Crimes Informáticos, bem como reforçar a recém criada Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor).

As investigações realizadas por unidades especiais, como a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia Especializada do Meio Ambiente, também ganharão reforço, pois atuam no combate às facções criminosas e quadrilhas especializadas em desmatamento, grilagem, roubos de defensivos agrícolas e outros delitos graves.

Os 30 delegados nomeados iniciarão os trabalhos na Academia de Polícia nas delegacias de polícia, enquanto aguardam o início das atividades teóricas na Academia de Polícia.

A Academia finaliza projeto de formação dos novos profissionais alternando em aulas telepresenciais e presenciais, com os cuidados previstos para evitar a contaminação do coronavírus. A lotação dos delegados aprovados será escolhida em Conselho Superior de Polícia.

 VEJA AQUI A LISTA DOS NOMEADOS

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Rosa | Sábado, 23 de Maio de 2020, 21h38
    0
    1

    Devendo todos funcionários do Estado de MT, principalmente a RGA, e ainda nomeando, desse jeito não sai desse buraco nunca.

  • Jeani | Sábado, 23 de Maio de 2020, 19h56
    1
    0

    Vejo muitas críticas nos comentários, mas o Estado não pode parar,devemos deixar de ser egoístas e ficar pensando em aumento de salário, achar que é um ato imoral convocar os delegados que foram aprovados por um concurso publico legítimo, afinal o quadro está defasado a muito tempo (aposentaria e falecimento), afinal os problemas continuam ocorrendo, crimes continuam acontecendo, a violência continua. Que essas pessoas saibam que as cidades distantes da capital estão desprovidas, as pessoas estão sem ter acesso a segurança, muitas vezes um delegado está respondendo por 4 municípios, como não atender essas pessoas? Será que só os cidadãos de cidades polos que merecem ter atendimento? Infelizmente estamos vivendo um mundo onde as pessoas não se importam com o problema do próximo, ela sendo atendida o resto não importa. Deixemos de ter uma visão egoísta e sejamos sensatos. Parabéns governador, vejo que esta preocupado com a sociedade, pois segurança pública (isso inclui civil e militar) é essencial no desenvolvimento de qualquer sociedade. Parabéns aos novos delegados nomeados e sucesso em seu trabalho, que Deus os abençoe.

  • Cidadão de bem | Sábado, 23 de Maio de 2020, 19h08
    1
    0

    Precisamos de Delegados para colocar um freio em algumas das atrocidades e cagadas cometidas pelo policiais militares em determinados situações. Como os soldados e oficiais da PM que trabalham na rua não possuem pouco conhecimento jurídico, muitas vezes confundem situações simples com flagrante delito e acabam causando constrangimentos desnecessários. Em outras

  • Caos total. | Sábado, 23 de Maio de 2020, 17h36
    3
    2

    Cadê o ministerio público? Estado em crise e contratando gente que ganhará 20 pau por mês???? Pge tem que checar isso urgente e vetar uma afronta dessa contra a sociedade em plena época de pandemia. Absurdo!!!!

  • alexandre | Sábado, 23 de Maio de 2020, 15h58
    7
    3

    Investimento em segurança é PM na rua, é investigador, o trabalho vai sobrar pro escrivão....

  • Emanuel | Sábado, 23 de Maio de 2020, 14h46
    4
    9

    Parabéns aos novos delegados ! Que esse número de 30 seja só o início pra recompor a imensa perda no quadro de efetivo! A população precisa da Polícia Civil para investigar os crimes e colocar os infratores na cadeia. Só com trabalho de investigação que se consegue deixá-los presos. Que venham mais nomeações !!!

  • CREUSA | Sábado, 23 de Maio de 2020, 14h21
    7
    2

    NAO ADIANTOU PUBLICAR EM EDIÇÃO EXTRA DO DIARIO OFICIAL KKKK A MIDIA DESCOBRIU RAPIDAMENTE KKK. ESTÃO TODOS DE OLHO...E POR AÇÕES ASSIM IMAGINE SE NÃO ESTIVESSEM.

  • samira | Sábado, 23 de Maio de 2020, 14h16
    10
    4

    é inexplicavel contratar delegados para ficarem em academias e entrarem em exercicio somente apos a pandemia....ainda pagando uma salario de DELEGADO DE POLICIA SUBST LC575/2016 40H Nível\\Classe A 000 R$ 22.006,01 Porque então nao contrata os professores interinos também.... onde MT irá parar com ações assim !!!!!Meu Deus

  • Jean | Sábado, 23 de Maio de 2020, 13h31
    11
    2

    Parabéns governador . Construindo casa pelo telhado.

  • EUSEBIO DA CUNHA | Sábado, 23 de Maio de 2020, 12h30
    15
    0

    MUTO BOM TEM QUE NOMEAR MESMO AGORA O QUE ESTA ACONTECENDO E QUE ESSE GOVERNADOR SÓ SABE MENTIR PARA UNS TEM DINHEIRO PARA NOMEAR A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL ESTA OTIMA E PARA OUTROS A LEI DE LRF ESTA VALENDO E NÃO PODE NOMEAR E O CASO DO AGEPEN SEDUC POLITEC ETC .. E MUITA HIPOCRESIA MAURO MENTES NUNCA MAIS ...ELE SÓ FAZ AQUILO QUE CONVEM .. LAMENTAVEL..

  • maria | Sábado, 23 de Maio de 2020, 12h06
    13
    8

    o governo de MT só na contramão mesmo....o salario que ira desembolsar com esses 30 delegados, daria para pagar o salario dos professores interinos que estão sem contrato tranquilamente...esses sim precisam, ja estao passando fome...porem professor não é importante...essa é a visão.

  • everton | Sábado, 23 de Maio de 2020, 12h03
    9
    2

    Enquanto isso na Sefaz, os fiscais, os agentes de tributos, os agentes fazendarios, os profissionais da area meio, os servidores do desenvolvimento economico....estão com seus direitos todos pendentes.....fora os professores que tem direito a 7% acima da inflação e mais o RGA e até agora nada...aí fica dificil mesmo.

  • eva | Sábado, 23 de Maio de 2020, 11h59
    16
    8

    Sinceramente, esse governo só faz tudo ao contrário que a população precisa, ....tinha que contratar mais PM e não civil, o problema esta nas ruas como roubos, estupros, e por ai vai e não em burocracia...pra cabar mesmo. Além disso o salario de um delegado da para pagar 08 professores, 06 soldados...esses sim são necessários.

  • Edu | Sábado, 23 de Maio de 2020, 10h56
    11
    17

    Parabéns, Governador. O investimento na Segurança é necessário!

  • Jose | Sábado, 23 de Maio de 2020, 10h53
    11
    7

    Mas e a LRF??....e a pandemia..? Não consegue nem pagar os direitos dos servidores atuais e ainda chama mais...só MT mesmo.

  • Caius Santos | Sábado, 23 de Maio de 2020, 10h13
    11
    12

    A policia civil deveria ser extinta. Mas, caso não consigam isso, pelo menos tem que desarmá-la. Policia burocrática, que consiste em levar docs para fóruns e atender BO's. Não atende ocorrência e não tem treinamento operacional. Tudo nas costas da Polícia Militar, que põe a cara a tapa, todo dia nas ruas.

  • Anderson | Sábado, 23 de Maio de 2020, 10h08
    12
    1

    Que reforço? Para de conversinha fiada, governador!! Fala para a sociedade sobre a construção do hospital, com quem foi firmado o contrato e quem são os donos das empresas contratadas? Ou seja, o próprio secretário. Estranho não?

  • BARNABÉ | Sábado, 23 de Maio de 2020, 09h55
    11
    5

    E os aprovados concurso Detran/MT, NADA?

  • Cidadao | Sábado, 23 de Maio de 2020, 09h49
    13
    3

    O que falta é políciais nas ruas, burocracia e papelada já tem demais . Precisa sim de efetivos em rondas .

  • Leonidas Cintra | Sábado, 23 de Maio de 2020, 09h07
    15
    0

    ENQUANTO ISSO DELEGACIAS EM CUIABÁ COM APENAS 01 PLANTONISTA OQ É TOTALMENTE CONTRA O ESTATUTO DA PRÓPRIA POLICIA. O SINPOL SABE DESSA SITUAÇÃO E NÃO TOMA ATITUDE NENHUMA.

  • Olho vivo | Sábado, 23 de Maio de 2020, 08h55
    14
    1

    QUEM CONSEGUE ENTENDER E EXPLICAR AS FINANÇAS DO ESTADO: COM UMA CRISE GRAVISSIMA BATENDO NAS PORTAS DE TDS OS ESTADOS E DE CONSEQUÊNCIAS DESCONHECIDAS E Q PODEM QUEBRAR MT,ONDE O GALLO FALASTRÃO MENGIGA VERBAS FEDERAIS E EMPRESTIMOS EM DÓLARES;AI VEM NOMEANDO NO TJ,AUMENTANDO SALARIOS DAS AUTÁRQUIAS E AGORA ESSA NOMEAÇÃO;MAURO MENDES VAI DEIXAR MT ,IGUAL SUAS EMPRESAS;EM RJ.VERGONHOSO A FESTA COM O DINHEIRO PÚBLICO!!!!!!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS