24 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 10h:02 | Atualizado:

NEGOCIAÇÕES COM DEPUTADOS

Mauro: reforma escalonada não passaria na AL


Gazeta Digital

microfone-mauromendes.jpg

 

O governador Mauro Mendes (DEM) falou pela primeira vez sobre os bastidores envolvendo a tramitação da reforma da Previdência dos servidores públicos. Ele disse que recebeu um aviso dos deputados de que uma reforma escalonada não iria passar pelo crivo do Parlamento estadual. 

Depois disso, decidiu propor uma reforma linear, abrangendo todos os servidores que ganham acima de dois salários, número que poderiormente foi alterado para R$ 3 mil por mês pelos deputados estaduais. O projeto ainda aguarda votação em redação final antes de passar para sanção do governador. 

Mauro não disse quem foi o autor da fala e destacou a necessidade de fazer à reforma, já que é uma imposição do governo federal, através de uma Emenda Constitucional. 

O democrata destacou que a União já fez essa alteração e que ele precisava fazer aqui também. "Tentamos construir isso dentro da Assembleia, houve mensagem negativa de que isso não passaria", destacou o governador. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Fagner | Segunda-Feira, 27 de Janeiro de 2020, 11h06
    3
    0

    Assim teve que fazer um "acerto" só com os deputados, né governador?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS