Política Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 14h:35 | Atualizado:

Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 14h:35 | Atualizado:

PESQUISAS COMPARADAS

MT Dados é o instituto que mais se aproximou de resultado da eleição

Instituto "cravou" vitória de Mauro Mendes no 1º turno independente da margem de erro

LARISSA MALHEIROS
Da Redação

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

Ilustração

Pesquisas

 

Passada a apuração das eleições, é comum analisar se os resultados das urnas “bateram” com as pesquisas divulgadas ao longo do processo. Em Mato Grosso, o comparativo entre a divulgação das pesquisas e a apuração também é feito.

Na eleição ao Governo do Estado, o fato em comum é que os principais institutos apostaram na vitória do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), em 1º turno. Contudo, dentro da margem de erro, alguns admitiam a possibilidade de haver 2º turno.

O Instituto MT Dados foi o que mais se aproximou das pesquisas realizadas na última semana. Dentro da margem de erro estabelecida, de 3% para mais ou para menos, quase acertou o resultado. 

Em sua última pesquisa, divulgada em 1º de outubro, apontou vitória do democrata com 53,82% dos votos válidos no Estado, ainda no primeiro turno. Mauro foi eleito com 58,69% dos votos.

Os outros institutos que mais se aproximaram da decisão nas urnas foram o Realtime Bigdata e Ibope. Ambos com 53% dos votos válidos nos últimos levantamentos realizados.

O Real Time Bigdata divulgou a última pesquisa também em 1º de outubro. Já o Ibope revelou seus números dois dias antes das eleições.

O Gazeta Dados divulgou pesquisa no dia 2 de outubro. Ele exibiu um número mais tímido, comparado aos demais institutos: 52,17%.

No mesmo dia, o Insituto Voice Pesquisas apontou vitória apertada, com apenas 51%. Último instituto a divulgar pesquisa, o Mark apresentou resultado da amostra no sábado, véspera da eleição.

Ele apontou Mauro com 50,3% das intenções de voto, passando “apertado” no 1º turno. Dentro da margem de erro, porém, Ibope, Real Time Big Data, Gazeta Dados, Voice e Mark deixaram aberta a possibilidade da eleição ser decidida em 2º turno. No entanto, Mauro Mendes consagrou a vitória com 58,69%  vencendo no primeiro turno com 840.094  mil votos.

pesquisas.jpg

 





Postar um novo comentário





Comentários (12)

  • Marilyn Silva

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 23h05
  • Lendo esses comentários decidi falar com vocês. Queria aumentar a minha renda mensal e em 2016, antes das eleições para prefeito, resolvi pesquisar sobre o Instituto de Pesquisa MT Dados para saber se tinha alguma coisa coisa que pudesse colocar dúvidas na atuação da empresa. Nada encontrei, pelo contrário, muitos elogios. Ela não trabalha só na pesquisa de intenção de votos. Então, procurei um dos sócios proprietários e disse que gostaria de trabalhar na empresa nos finais de semana, porque já trabalho de segunda-feira a sexta-feira. Sou servidora pública concursada, estável. E só posso trabalhar em empresa prestadora de serviço e sem intererir no meu horário de trabalho, por isso queria só nos fins de semana. O rapaz me disse que assim que surgisse uma vaga nessas condições, me chamaria. Após alguns meses decidi não procurar mais a pessoa com quem tinha conversado. Porquê? Simplesmente por que percebi que a maioria daquelas funcionários contratados, são pais e mães de família que dependem daquele trabalho, são pessoas que dependem daquele contrato temporário para pagar aluguel, bancar material de escola para os filhos, enfim, para a sobrevivência de suas famílias. A empresa contrata pessoas que fazem parte daqueles milhões de desempregados que muitas empresas de pesquisa divulgam. Ou é mentira ou invenção dessas empresas? Percebi que eu poderia tirar o único meio de sobrevivência de um pai de família. Essas pessoas que trabalham lá, são responsáveis e corretas. Trabalham debaixo de sol escaldante, chuva, frio e procuram respeitar e obedecer as normas da empresa. Porque sabem que se fizerem o seu trabalho com zelo, responsabilidade e determinação serão reconhecidos e poderão ser chamados para o próximo trabalho. E tem mais, nas minhas pesquisas sobre essa empresa, encontrei também que todas as equipes são avaliadas. Os funcionários internos, após as equipes de rua entregarem o trabalho, escolhem e/ou sorteiam algumas pesquisas e ligam nos telefones anotados, e falam com quem respondeu a pesquisa. Tudo isso para garantir um serviço de qualidade. É lamentável ler comentários tentado denegrir a imagem de uma empresa que faz tudo para se manter no mercado prestando serviço de qualidade e dando emprego a muitos pais de família.
    3
    0



  • clotilde

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 20h35
  • Quero parabenizar O Instituto MT Dados que vem demonstrando ser um Instituo competente e que vem desenvolvendo seu trabalho com excelência e muita seriedade no Estado de Mato Grosso. Gostaria de salientar que as pesquisas demonstrada pela Rede Globo, G1, Data Folha , Ibope e muitas emissoras de TV, erram e feio quando demonstraram as porcentagens das pesquisas em todo Brasil no tocante aos candidatos sejam Estaduais, Federais, Senadores, Governadores e principalmente Presidente. Precisamos admitir que as eleições de 2018 foi uma surpresa pra todos nós cidadães brasileiros que na sua maioria, decidiram seu voto na própria "Urna" por estarem desacreditados de muitos candidatos que muito prometem e nada fazem, eis a razão da mudança e do novo . Muda Brasil....
    4
    0



  • Eleitor de Cb?

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 17h21
  • Instituto ja vem acertando em varias eleiçoes! Grande trabalho...Parabéns als envolvidos!!! E essa turma do amendoin ai tem que entender melhor sobre pesquisa, saber que todas sao registratas junto ao TRE!
    4
    1



  • OBSERVADOR DE VERDADE

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 17h09
  • Ao Senhor OBSERVADOR que pelo jeito não observa tanto as verdades, é preciso dizer que; a ultima pesquisa divulgada pelo MT DADOS, a Juiza Selma e o Jaime Campos estavam separados por apenas um ponto à uma semana das eleições, quadro que naturalmente muda por conta que os indecisos diminui. Sempre acompanhei todas as pesquisas para tomar minhas decisões. aproveito para parabenizar esse instituto que pelo jeito é um dos poucos que ainda transmite sinceridade para a população, nem o tão famoso ibope vem aproximando tanto da vdd assim, temos caso de instituto que ficou com diferença de quase 9 pontos. rsrs
    4
    1



  • Gilmar

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 16h00
  • Não confio nestas pesquisas , essa para o senado foi uma vergonha. Essas empresas deveriam ser investigadas. Ou a justiça proibir pesquisa eleitoral.
    7
    4



  • Indignado

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 15h35
  • Os institutos de pesquisa publicam dados totalmente divergentes da realidade induzindo o eleitor a votar ou decidir o seu voto para determinado candidato, tentando provocar um efeito manada e quando faltam apenas uma semana ou 2 a 3 dias antes da eleição, divulgam dados mais próximos da realidade, para transparecer que houve seriedade na pesquisa. Isso foi claramente observado na pesquisa para o Senado; a juíza Selma chegou a ficar em 4º em muitas pesquisas e Jaime Campos em primeiríssimo lugar e houve uma inversão que todos conhecem, foi um absurdo; verificou-se a tendência dos institutos tentarem eleger o Jaime; no mínimo foi antidemocrático, ruim para a população; a justiça eleitoral deveria fazer uma auditoria nesses institutos ou multar aqueles que tiveram diferenças berrantes, absurdas e tendenciosas.
    11
    5



  • Ricardo Rosa

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 15h34
  • Irresponsáveis. Tudo pelo dinheiro. O que fizeram no senado, vocês deveriam ser presos.
    9
    6



  • filho de v. grande

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 15h29
  • parabéns MT DADOS, e já é varias eleições que vem acertando, serviço bem feito e com seriedades; ta no rumo certo, continue assim.
    5
    5



  • Observador

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 15h03
  • É sim, o mesmo instituto que dava Jaime em primeiro lugar, comédia.
    13
    6



  • Allan Cardell

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 15h00
  • Selma Arruda que o diga!
    11
    5



  • Me engana que eu gosto

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 15h00
  • OK!!!! Mas no final das contas as pesquisas são ou não compradas? Não há relação de consumidor / fornecedor e produtos ou serviços? Na minha humilde opinião, pesquisas deveriam ser proibidas no Brasil! Tudo que envolva a política é sujo nesse País. Infelizmente!
    6
    4



  • Nelson Antonio

    Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018, 14h46
  • com um detalhe muito importante, o MT dados foi o primeiro a divulgar os seus números, cravando que o Mauro Mendes venceria no primeiro turno!
    8
    5









Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet