07 de Julho de 2020,

Política

A | A

Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 21h:45 | Atualizado:

ARARATH 16 - GERION

PF flagra conselheiro jogando "cheques milionários" numa lixeira em Cuiabá

Por obstrução, PGR pede R$ 3 milhões e prorrogação de afastamento de Teis

Gilberto Leite

pf-tce2.jpg

 

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta terça-feira (30) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Mato Grosso, Waldir Teis, por embaraço à investigação de infração penal, no âmbito da Operação Ararath. A denúncia descreve a tentativa do conselheiro afastado de embaraçar a atividade da Polícia Federal que, em 17 de junho, cumpria mandados de busca e apreensão em seu escritório em Cuiabá.

A essa etapa da investigação da Ararath, que está na 16ª fase, foi dada o nome de Operação Gerion. Teis, ao notar que os policiais se concentravam em uma segunda sala, recolheu uma série de talões de cheques com cifras milionárias e outras folhas assinadas mas sem preenchimento do valor, que estavam em sala ainda não analisada pelas autoridades.

Mas acabou sendo flagrado, e o material, que havia sido jogado numa lixeira, foi recolhido. Foram deferidos pelo STJ os pedidos de afastamento de sigilo bancário de diversas sociedades empresárias; o levantamento e utilização de dados de inteligência financeira de pessoas físicas e jurídicas; o afastamento do sigilo telefônico/telemático de alguns investigados, e busca e apreensão a ser realizada em locais ligados a pessoas investigadas, além do compartilhamento de dados com a Receita Federal do Brasil.

PRORROGAÇÃO

A Operação Ararath investiga, desde 2013, a prática de crimes de corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e organização criminosa por conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso. Além da condenação pela infração de embaraço à investigação, o MPF requer à Justiça indenização por danos morais coletivos, no valor de R$ 3 milhões, além da prorrogação do afastamento do conselheiro até o trânsito em julgado da denúncia. Os conselheiros são acusados pelo ex-governador Silval Barbosa de cobrarem R$ 53 milhões de propina para não fiscalizar obras no Estado.

 

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Luis | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 16h56
    6
    0

    Esse órgão deveria ser extinto. Ali so velhos brochas e corruptos que insistem em colocar suas prostitutas e seus garotos de programa para o Estado pagar. Todos sabem que ali é um prostibulo. Os velhos brochas e corruptos brigam por dinheiro vitalício para terem seus 2 minutos de fama, roubar e ter como pagar seus viaturas. Eu já trabalhei lá e sei como funciona os esquemas.

  • Nunex | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 14h43
    7
    0

    Conselheiro do tribunal de contas do Estado. Simplesmente um cargo político, inútil e burocrático. Esse cargo deveria ser extinto!

  • HRomeu | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 12h58
    5
    7

    Nesse país até o presidente é miliciano e ladrão de cachorro

  • Eleitor | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 11h25
    6
    1

    Sabem o que vai acontecer???? Absolutamente NADA!!! Aqui é Brasil, lugar onde tem o maior número de político vagabundo por m² no mundo todo.

  • ROBERTO RUAS | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 11h24
    9
    1

    Esse indíviduo veio la das bandas do Sul fazer a vida aqui trazido pelo ex-governador FERTIPAR / MAQUINÁRIOS . Fez escola no governo e ganhou o cargo TRIBUNAL DE FAZ DE CONTA onde provavelmente fez bons negócios "julgando" contas de prefeitinhos de interior. RAÇA DESGRAÇADA E CORRUPTA. MALDITOS.!!!!!!!

  • Raimundo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 10h41
    8
    1

    Desespero. Mas uma delação vai moer tudo.... Kkkkkk! Vão dar cadeia na turma.

  • Kesso | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 09h21
    6
    2

    Com o exemplo de #STFVergonhaNacional certamente estará de boa... Esses cheques foram depositados por aplicativos e já compensaram faz tempo.

  • PENDEMIA | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 09h04
    5
    0

    1998 PELA EC 19/98 FHC CRIAVA O ICONICO SUBSÍDIO E EM 2005 PELA EC 47/2005 LULA CRIAVA A INDENIZAÇÃO, MAS NINGUEM REGJULAMENTOU; EM 2001 AECIO NEVES CRIA A VI (ATO 62/2001, REVOGADO EXPRESSAMENTE PELO ATO 43/2009 QUE EXIGIU COMPROVAÇÃO PREVIA DOS GASTOS DA VI NO PORTAL DE TRANSPARENCIA NO CONGRESO NACIONAL (EM MT NINGUEM VIU E CONTINUA A FARRA ATÉ HJ). ADVINHA QUEM COPIOU A VI EM MT? RIVA (ELE MESMO) PELA LEI 8.112/2004 NA LALMT (HJ LEI 10.296/15 COM O MESMO PERFIL) E BALIRO MAGGI COPIOU NO ESTADO COM A LC 169/2004 GTAF, ETC. QUE SE ALSTROU PROS MUNICÍPIOS E CAMARAS DE VEREADORES. CADÊ O MP, TCE, COMPANHEIRADA DO PT, PSDB....COM A PALAVRA.

  • Olho Vivo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 09h04
    10
    0

    Protegido do CARA DE QUEIJO (Blairo Maggi). Os dois mamaram muito nas tetas do Estado.

  • Marlan | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 08h38
    16
    0

    ENQUANTO A COMPOSIÇÃO DESTAS CORTES( TCU/TCE ) FOREM POR INDICAÇÃO POLÍTICA IREMOS CONVIVER COM FATOS COMO ESTES EM TODO O PAÍS.... LAMENTAVELMENTE...

  • Paulo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 07h32
    14
    1

    J José vive em que mundo? Kkk só tem esse tipo porque é TENTE. 90% da humanidade é desonesta e corrupta e exige honestos? Os honestos são expurgados desse cenário filho, pois atrapalham.

  • Amaral antunes | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 07h31
    15
    0

    Impressionante, o homem sério, impoluto, oriundo da honestidade empresarial do grupao do safadao mor, ainda vai rm cana e lá vai tocar violao e formar dupla com outros...

  • Marcelo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 06h51
    15
    0

    Turma do Blairo...

  • Servidor | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 05h40
    24
    1

    Interessante é que o povo quando estão no poder executivo fazem discurso de austeridade joga a sociedade contra os servidores querendo dizer que os salários e aposentadorias e que são o grande problema do Estado e no fim agente ve quase todos estes professores de Deus enrolado com a justiça. A sociedade tem que acordar porque há uma campanha contra os servidores públicos tudo isso com objetivo de sucatear o serviço publico para justificar a entrega para a iniciativa privada e assim ficar mais fácil para os bandidos que se escondem atrás de um mandato. A Sociedade tem que defender o serviço publico e saber que os bandidos da historia não são os servidores e sim este que todos veem envolvidos com a policia. Espero ainda ver o meu Mato Grosso livre destes corruptos que enriqueceram a custas do nosso Estado..

  • Analista Político | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 23h29
    33
    0

    Filhote do Blairo, sem mais, lamentável.

  • Cróvis | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 23h07
    22
    0

    Queria só descontar um chequão desse. Tô apertado doutor.

  • Povo de Matogrosso | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 23h01
    14
    9

    Só pra lembrar... não vai dar em nada. Realidade sicera.

  • J.José | Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 22h17
    35
    1

    Acabou Waldir Teis, ex secretário de estado da Sefaz. MT NUNCA mereceu esse tipo de gente.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS