31 de Maio de 2020,

Artigos

Política

A | A

Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h:00 | Atualizado:

APOIO DE PESO

Postos de combustíveis bancaram 30% da campanha de Taques em 2010

Ex-procurador da República foi eleito em 2010 com 780 mil votos

Internauta

FERNANDO-ARARATH

 Taques entre os principais financiadores da campanha vitoriosa de 2010

Beneficiado com R$ 229,5 mil do empresário Fernando Mendonça para financiamento da campanha eleitoral de 2010, o senador Pedro Taques (PDT) mantém proximidade com empresários do setor de combustível, que atua como espécie de braço financeiro de seu projeto político. Conforme a prestação de contas da sua campanha eleitoral, R$ 1,120 milhão foi arrecadado e mais de 30% do valor se refere a doações do setor.  

Em contribuições de pequeno porte, aparecem a empresa Metropolitano Comércio de Combustíveis Derivados e Traspetro (Transporte e Comércio de Combustíveis) figuram na lista de doadores com R$ 1 mil cada. A Leblon Comércio e Transporte de Combustíveis  também aparece com R$ 1 mil.

A empresa Comercial de Petróleo F. Correa LTDA, o "Posto Zero Quilômetro", fez fez duas doações oficiais a campanha do senador que somam R$ 14.320 mil. O posto é de propriedade de Fernando Minosso, ex-vice-presidente do PDT de Várzea Grande e que continua no comando da legenda. A transportadora Aldo LTDA doou R$ 120 mil.

Outra empresa cujo dono é ligado ao PDT de Várzea Grande e fez doações a campanha de Pedro Taques é a Todimo Materiais para Construção, que contribuiu com R$ 50 mil. Um dos seus diretores é o empresário Juliano Bortolotto, ex-presidente do diretório do PDT em Várzea Grande. Bortoloto, aliás, tem pretensão de disputar a prefeitura da Cidade Industrial em 2016. Ele pode consolidar o projeto se Taques se vencer a eleição ao Governo do Estado neste ano. 

Do ramo da construção civil, a empresa Agrimat Engenharia Indústria e Comércio, de propriedade de Mário Cândia, fez uma doação de R$ 20 mil a campanha do pedetista. A empreiteira é conhecida pela má qualidade das obras que executa. Um dos exemplos é são as duplicações da estrada da Guarita e da rodovia Mário Andreazza. 

A empresa Renosa Indústra Brasileira de Bebidas (Coca-Cola) também figura na relação das maiores doadoras com R$ 100 mil. O frigorífico JBS também doou o mesmo valor.

A Vale Formoso Distribuição LTDA, razão social do Atacado Mendonça, aparece com 6 somas que totalizam R$ 229,5 mil. O proprietário do Atacado Mendonça é o empresário Fernando Mendonça, investigado pela Polícia Federal na Operação Ararath pela suspeita de participar de um esquema de lavagem de dinheiros e crimes contra o sistema financeiro nacional liderados pelo empresário Junior Mendonça, dono da Amazônia Petróleo e da Globo Fomental Mercantil. 

VEJA MAIS

Juiz cita organização criminosa para "lavar" dinheiro público em MT

PF acha R$ 126 mi em cheques e notas promissórias nesta quarta

FOLHAMAX divulga os 24 locais invadidos pela Polícia Federal

Éder teme morte, admite delação e dispara: cuidei dos caixas de Maggi e Silval

Ex-secretário que ameaça Maggi e Silval tentou enganar até a PF

 

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Melo | Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2014, 17h31
    0
    0

    Não vamos nos esquecer que em 2008 o filho do Sr. Aldo Locatelli (Daniel Locatelli) foi preso em companhia do Júnior Mendonça na operação \"Madona\" do GAECO!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS