29 de Março de 2020,

Política

A | A

Sexta-Feira, 22 de Agosto de 2014, 09h:58 | Atualizado:

REINADO DE JÚLIO

Vereadores disputam 1ª secretaria e vice

Divulgação

Julio Pinheiro.jpg

 

A movimentação será intensa nesta sexta-feira (21) nos bastidores da Câmara de Cuiabá. Os vereadores fazem as últimas articulações para montar a chapa que vai disputar o comando da mesa diretora da Casa para o próximo biênio. 

O que já está decidido entre os vereadores é que o atual presidente, vereador Júlio Pinheiro (PTB), vai estar à frente da chapa, que provavelmente será a única, e deve comandar o Legislativo pelos próximos dois anos. Nos bastidores, o que se discute é quem deve ocupar a vaga de primeiro vice-presidente e primeiro secretário do Legislativo. 

Na briga pela primeira secretaria estão os vereadores Chico 2000 (PR) e Luecy Ramos (PSDB). Somente muito diálogo entre o grupo é que vai definir qual dos dois deve ocupar a vaga. 

O interesse pela primeira secretaria não é à toa. Ela é responsável pelo ordenamento das despesas da Casa. Os recursos dispensados ao Parlamento Municipal não são poucos. Até o fim do ano a prefeitura deve repassar ao Legislativo R$ 37,4 milhões em duodécimos. 

Na batalha pela vaga de primeiro vice-presidente - que já estava acertada para Haroldo Kuzai (SDD) - também não está mais definida. Isso porque o vereador Juca do Guaraná (PTdoB) articula com um grupo de vereadores para ficar com o posto. 

Juca afirma que passou a ter interesse pela vaga recentemente por conta de um grupo de amigos que querem que ele assuma a vaga na formação da chapa. Ele passou a manifestar mais interesse depois de não conseguir viabilizar sua candidatura ao Senado. 

TAMPÃO

Júlio Pinheiro deve continuar na presidência porque no ano passado articulou a aprovação de um projeto que permite ao presidente “tampão” a possibilidade de ser reeleito. O petebista voltou ao comando da Casa após a renúncia do ex-vereador João Emanuel (PSD) da presidência do Legislativo. 

A eleição da mesa diretora também sofre influências da eleição para o governo do Estado. O atual presidente chegou a articular o apoio do deputado José Riva (PSD) a seu grupo de vereadores para a formação da uma única chapa. 

Após a desistência de concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa, o vereador Leonardo Oliveira (PTB) também tentou articular a formação de uma nova chapa. No entanto, apenas um pequeno grupo de aderiu a seu projeto. 

Com o esvaziamento do projeto, Júlio procurou o parlamentar e o convenceu a desistir da disputa e, junto com seu grupo de vereadores, apoiar o petebista em seu projeto. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS