25 de Maio de 2020,

Cidades

A | A

Domingo, 29 de Março de 2020, 09h:57 | Atualizado:

VÍTIMAS DO COVD-19

Cuiabá proíbe velórios e aconselha que mortos sejam cremados

Caso família opte por sepultamento, caixão deverá ser lacrado

CEMITERIO.jpg

 

A Prefeitura de Cuiabá está se organizando cada vez mais com o intuito de evitar a disseminação do coronavírus na capital e para isso está adotando e seguindo protocolos e recomendações da Organização Mundial de Saúde OMS. A atual situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública. Sendo assim, nesta sexta-feira (27), o secretário Municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho assinou a Portaria Nº 017/2020/SMS, que regulamenta os procedimentos nas unidades de saúde, Hospitais Públicos e privados durante os cuidados com os restos mortais, dos óbitos suspeitos ou confirmados, bem como nos velórios em casos de Covid – 19/SARS-COV-2, no município de Cuiabá – MT.

A Portaria descreve detalhadamente como deve ser realizado o trabalho dos profissionais que tiverem contato com os restos mortais, desde o uso do todos os Equipamentos de Uso Individual – EPIs, até o preparo do corpo, descarte correto dos materiais após a finalização dos procedimentos e medidas de desinfecção. Em relação aos velórios, a Portaria proíbe a realização no caso de suspeitos ou confirmados de Covid – 19/ SARS-COV-2.

Para estes casos, o corpo deverá ser manuseado no local do óbito e autorizado seu transporte apenas direto ao cemitério ou crematório. Recomenda-se ainda que seja realizada a cremação dos restos mortais.

Em caso de sepultamentos para suspeitos ou confirmados de Covid – 19/ SARS-COV-2, a urna deverá ser lacrada e a despedida deverá ser feita no cemitério em ambiente aberto e ventilado, podendo ser na presença de no máximo dez pessoas, evitando aglomerações, sem contato com a urna mortuária. Além disso, não é recomendado que pessoas integrantes do grupo de risco compareçam à cerimônia de sepultamento. “Não foi fácil assinar esta Portaria que trata de assuntos tão difíceis, mas infelizmente foi necessário para preservarmos tanto os profissionais que trabalham nesta área e os familiares das vítimas também. Estamos certos de que logo conseguiremos passar essa fase tão difícil, mas por enquanto precisamos nos cercar de todos os cuidados possíveis para evitarmos a propagação desse vírus”, concluiu o secretário de saúde. 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Degas | Domingo, 29 de Março de 2020, 18h23
    2
    0

    E põe as cinza$ no paletó????

  • Cuiabano | Domingo, 29 de Março de 2020, 18h08
    1
    0

    Misericórdia Senhor!! Jamais imaginei ler uma portaria dessa. Que seja só realmente precaução, porque se for interesse escusos vai prestar contas a Deus.

  • Cuiabano raiz | Domingo, 29 de Março de 2020, 16h19
    0
    0

    Prefeito, por que não crema o seu Paletó?

  • Eduardo | Domingo, 29 de Março de 2020, 15h36
    0
    0

    TÁ ESCRITO SE NÃO FOR CREMADO. O CAIXÃO TEM Q SER LACRADO. LEEEM A MATÉRIA.

  • karol | Domingo, 29 de Março de 2020, 15h36
    0
    0

    Pelo Amor de Deus esse folhamax nao tem materia para fazer e fica colocando a população em panico que materia mais besta por favor ne!!!!

  • Analista Político | Domingo, 29 de Março de 2020, 15h26
    7
    1

    O Prefeito está torcendo para que as mortes pelo Corona Vírus comecem logo, lamentável.

  • Rogérinho | Domingo, 29 de Março de 2020, 12h14
    7
    2

    Esse louco tá fumando maconha estragada. Socorro meu Capitão.

  • moreira | Domingo, 29 de Março de 2020, 11h46
    7
    2

    mané paletó vai pagar?

  • Edson | Domingo, 29 de Março de 2020, 11h38
    6
    2

    Isso é brincadeira. A família que sabe. Prefeito não tem esse direito. Pode não ter velório mas a família decide. É pra acabar. Só faltava essa.

  • Nenéu Palitolino | Domingo, 29 de Março de 2020, 11h35
    8
    2

    Parceria bacana, Sr. Paletó! O senhor vai pagar pelos custos da cremação?

  • Prof. Bortoloti | Domingo, 29 de Março de 2020, 10h28
    12
    3

    Se a prefeitura for pagar os que forem cremados, até concordo. Até porque antes, pra se cremar um corpo, o mais barato era 6 mil reais.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS