13 de Novembro de 2019,

Cultura

A | A

Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 13h:05 | Atualizado:

DESATADORA DOS NÓS

Governador e 1ª dama serão rei e rainha de festa

maurovirginia.jpg

 

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes serão rei e rainha, respectivamente, da festa em homenagem à Nossa Senhora Desatadora dos Nós de 2020. O casal e a filha caçula, Maria Luiza, prestigiaram a missa e jantar de encerramento da festa deste ano, realizados no Asilo Santa Rita, no Centro da Capital, na noite deste último domingo (08.09), e foram anunciados como os próximos festeiros.

O secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, e a esposa, Mônica Carvalho, também compareceram à missa de Desatadora dos Nós.

Como ocorre tradicionalmente todos os anos, a procissão saiu da frente da Capela Santa Rita, na Avenida Dom Bosco, esquina com a Rua Treze de Junho, e seguiu até o Asilo Santa Rita, na Rua Joaquim Murtinho, onde o Padre Flávio celebrou a missa. Em seguida, foi servido jantar no pátio do asilo.

Os fiéis, devotos e festeiros da Capela Santa Rita são os responsáveis pela organização da celebração, que todos os anos ocorre no dia 08 de setembro, data em que os cristãos católicos comemoram o nascimento de Maria, mãe de Jesus Cristo.

“Como cristão e católico é sempre muito bom poder celebrar esse momento em que peço muitas bênçãos para todas as famílias mato-grossenses”, destacou o governador Mauro Mendes.

A primeira-dama Virginia Mendes complementou ressaltando ser uma honra poder servir à Nossa Senhora pela segunda vez. Quando ela e o governador foram prefeitos da Capital, em 2014, também conduziram as festividades como rei e rainha.

“Tenho muita fé em Nossa Senhora e muitas graças alcançadas. E é muito especial para mim e para minha família poder estar novamente como rainha da festa de Desatadora dos Nós. Agradeço imensamente todo o carinho e acolhida dos festeiros, em nome da Patrícia e do Ricardo Novis Neves. E vamos mais uma vez prestigiar as missas da novena, além de participar de todas as homenagens à Desatadora”, disse Virginia.

Devoção

O título de Nossa Senhora Desatadora dos Nós surgiu por volta do ano de 1700, com uma pintura do artista alemão Johann Schmidtner. A pintura encontra-se na capela de St. Peter am Perlach, em Augsburgo na Alemanha.  O artista, ao criar o painel, inspirou-se no Livro de Apocalipse 12:1 “apareceu um grande sinal no céu: uma mulher revestida do sol (Mãe de Deus), a lua debaixo de seus pés (Imaculada Conceição), e na cabeça uma coroa de doze estrelas (Mãe da Igreja)”; e na frase de Santo Irineu: “Eva, por sua desobediência, atou o nó da desgraça para o gênero humano; Maria por sua obediência o desatou”.

O papa Francisco também é devoto e conheceu a história da santa durante sua estada na Alemanha, na década de 80. Após conhecer o significado de Nossa Senhora Desatadora dos Nós começou a divulgar esta devoção em seu país de origem, a Argentina. No Brasil, o fundador do Santuário foi Denis Bourgerie e a esposa, a médica Suzel Bourgerie, que construíram uma capela em Campinas, em 1991, introduzindo na cidade a devoção, que hoje está presente em diversas outras cidades.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS