21 de Setembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019, 23h:58 | Atualizado:

PROPINA NA SEDUC

Delatores têm versões diferentes

ALANMALOUF-PERMINIO.jpg

 

Os depoimentos dos delatores Alan Malouf e Permínio Pinto, no caso dos desvios na secretaria de Educação, no governo Taques, não andam batendo. Malouf diz que o conselheiro do TCE,Guilherme Maluf, recebeu dinheiro do esquema.

Já Permínio disse que não. Alan Malouf, apontado como o principal operador do esquema, é empresário e primo de Guilherme Maluf. Já Permínio era o secretário de Educação na época, 2015. 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo Oliveira | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 00h29
    1
    0

    Maluf virou réu nessa ação e de nada adiantou ,virou foi conselheiro do TCE... justiça porca , dá nojo.... todos de MT sabem q Guilherme Maluf era um dos cabeças desse esquema....KD o MP...

  • José | Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019, 12h06
    2
    1

    Porque será que os políticos e secretários empresários que roubaram no rio de janeiro foram presos e no mato grosso só investiga investiga investiga e não pune será que as leis do Rio de janeiro São diferente das leis do mato grosso chama o juiz Marcelo bretas que ele resolve já já

  • Marcos Paulo | Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019, 06h26
    8
    2

    Quem que é perminio???lógico que foi maluf que baixou campanha e colocou ele pra tirar o dinheiro!! Assim como foi Giovanni bancada por Alan maluf e quem ele mesmo indicou.ninguém eh burro aqui..Ou juiz que faz de besta.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS