13 de Dezembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 12h:12 | Atualizado:

PREVIDÊNCIA

MT já estuda criar Fethab 3

botelho-careca.jpg

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), já admite que o governo do Estado trabalha com várias hipóteses para melhorar a situação financeira. Até mesmo lançar um novo imposto, o Fethab 3, caso Mato Grosso não consiga formatar uma proposta para aderir à reforma da previdência.

A possibilidade de criar essa taxa foi comentada por Botelho em meio à análise sobre o deficit previdenciário do Estado, cuja estimativa é crescer exponencialmente nos próximos anos.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • alexandre | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 21h02
    2
    0

    Agro paga imposto ? não.. lei kandir molezinha... pessoa fisica paga mais imposto, que barão do agronegocio..

  • Junior | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 20h26
    0
    1

    Com o perdão da palavra, soca imposto no ... Dos outros e bom né, a canalhisse dos políticos roubam o estado e depois criam impostos para o povo pagar a conta, enquanto os que produzem se lascam trabalhando e correndo todos os tipos de risco para se manter na atividade a classe política do nosso estado só pensa em criar mais impostos. larga de ser sem vergonha Botelho e faz algo de útil para o estado e para melhorar a qualidade do estado sem prejudicar a classe que luta pra produzir alimento para todos. O fethab a princípio era imposto para melhorar rodovias, o que temos hoje, as privatizadas que temos que pagar pra andar, e as esburacadas que o estado abandonou. Vergonha para um estado que é o maior produtor do Brasil porém um dos mais taxados no agro. Infelizmente Fethab sem destino certo . Uma solução que tal colocar uma proposta para diminuir o salário dos deputados senadores e governador, aliás diminuindo as regalias que se tem já estaria de bom tamanho para melhorar as condições do estado.

  • alexandre | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 19h45
    4
    0

    Porque a AL gasta 550 milhoes ? porque o TJ gasta 1,2 bilhoes ? vamos falar de TCE, MPE, PGE e gestores ? verbas indenizatorias..

  • alexandre | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 19h39
    3
    0

    Cobra ICMS dos barões do agronegocio, FEX acabou....

  • Servidor | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 16h20
    6
    0

    SENHOR EDUARDO BOTELHO PORQUE O SENHOR NAO PROPE E DEFENDE QUE O EXECUTIVO DEVOLVA OS APOSENTADOS DE CADA ORGÃO TAIS COMO TCE, TJMT, AL/MT? PORQUE OS ORGÃOS RECEBEM OS DUODÉCIMOS INTEGRALMENTE E EM DIA E DEIXA A CONTA DOS APOSENTADOS PARA O EXECUTIVO PAGAR AI VEM ESTA CONVERSA FIADA DE DEFICIT.....

  • jeferson de Andrade | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 14h18
    7
    0

    É só reduzir em 30% o duodécimos dos poderes e diminuir os cargos comissionados

  • JANUÁRIO | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 12h55
    5
    0

    KKKKKKKKKKKKKK esse Botelho é um mala! começou o clima de terror combinado com MM para jogar o setor do agronegócio contra os Servidores Públicos. Não vejo ele fazer uma mea culpa, haja vista que seus antecessores têm grande culpa na quebra do estado. Não vejo nem o Governador falar. O chicote é só para os Servidores do Executivo.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS