11 de Dezembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 15h:07 | Atualizado:

OPOSIÇÃO EM CUIABÁ

Pai de vice deixa PTB após 33 anos

osvaldosobrinho.jpg

 

Pai do vice-prefeito Niuan Ribeiro (Podemos), Osvaldo Sobrinho resolveu desfiliar-se do PTB após 33 anos defendendo a legenda. Ele comunicou a decisão por meio de uma carta pública de desfiliação divulgada na imprensa. Nos bastidores, entretanto, o motivo apontado é o rompimento gradual entre as famílias do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e do ex-senador Osvaldo Sobrinho.

Isso porque as duas principais lideranças da sigla, o presidente e ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, e o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, o Emanuelzinho, preferem manter, obviamente, o apoio ao atual prefeito nas eleições de 2020.

A sinalização do rompimento foi ensaiada desde o fim de outubro, quando foi divulgado que o pai acompanhou o filho em evento que o vice se lançou como pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá em 2020. O novo endereço provável de Sobrinho, óbvio, é o Podemos. O ex-senador teria dito ao filho para não se preocupar com as críticas que recebe pelos que consideram seu ato traição política e o instruiu a permanecer na vice-prefeitura, mesmo depois do rompimento político com o prefeito. “O que importa é cumprir sua missão. O Niuan não fez promessa ao titular na eleição, ele fez promessa para o povo. Foi o povo que elegeu ele”, disse na ocasião.

VEJA ÍNTEGRA DA CARTA DE OSVALDO SOBRINHO

Amigos, militantes e simpatizantes do PTB.

Os últimos 33 anos vivi momentos de muita alegria nesta sigla. Literalmente, foi o meu segundo casamento, com momentos inesquecíveis. 

O desafio representado por nossa trajetória comum, por tudo o que lutamos juntos, pelo período em que fui deputado constituinte neste partido, vice-governador, senador da República, pelo pacto para ter um Mato Grosso mais forte, tudo isso é parte especial da nossa história. 

Fizemos juntos, e da melhor maneira possível, um casamento com base em compromissos e propostas para o nosso estado.

Claro que nestes anos todos, houve dificuldades, mas os ganhos foram muito maiores. 

Agradeço o apoio que sempre tive dentro do PTB. Agradeço a oportunidade de conviver com pessoas que têm compromisso com Mato Grosso. 

Agradeço a todos os dirigentes e aos militantes, guerreiros de um partido histórico de nosso país.

Assim, este pedido de desfiliação é uma mistura de sentimentos. De lembranças boas, por encerrarmos uma etapa que tanto me fez contente na política. Mas, de esperança, pelo longo caminho ainda na política, que vou buscar num próximo partido político. Eu confio no nosso país, no nosso estado e em nossa Cuiabá. 

Quero dizer que esta decisão não foi uma decisão repentina, impensada e improvisada. Deixo na legenda pessoas e amigos com quem aprendi a gostar e a respeitar. 

Peço licença para fazer um agradecimento especial ao presidente de honra, Roberto Jefferson, e ao Chico Galindo. 

Com a minha experiência no PTB, tenho certeza que irei contribuir para o bem comum em um partido político diferente.

Como cidadão e agente político, quero continuar dialogando com todos para que o fruto dos nossos diálogos e trabalho seja sempre o bem da população mato-grossense. 

Quero dirigir a palavra também aos militantes do PTB: meu agradecimento profundo e emocionado por tudo o que vivemos juntos, pela confiança com que permitiram que eu dividisse o mesmo território político do qual vocês, justificadamente, tanto se orgulham.

Saudações 

Osvaldo Sobrinho

 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • paula goetz | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 06h16
    0
    1

    Por favor, forneçam uma ação popular desse tal de superhiper rei das aposentadorias OS e radios??

  • Gabriela | Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 01h38
    2
    1

    Corretíssimo senador Osvaldo sobrinho.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS