17 de Novembro de 2019,

Entrelinhas

A | A

Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 08h:56 | Atualizado:

RESERVA NA PM

Preso nos grampos se aposenta em MT

ferronato.jpg

 

O tenente-coronel da Polícia Militar de Mato Grosso, Michel Ferronato, teve sua transferência para a reserva remunerada publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (23). Ferronato ganhou o noticiário em setembro de 2017, quando foi preso por, supostamente, participar de um esquema de obstrução à Justiça no processo referente à Grampolândia Pantaneira.

Segundo a publicação, o oficial tem 26 anos de contribuição, dos quais 20 dedicados à Polícia Militar.

 

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Angela | Quinta-Feira, 24 de Outubro de 2019, 09h16
    0
    0

    Vamos julgar menos e edificar mais. É um direito do servidor se aposentar seja integral ou proporcional. Se é direito ele pode solicitar a hora que quiser. Vamos orar mais pelas pessoas, bairro, cidade e país. Todos estão suscetíveis a errar. O mais importante é entender que acima de tudo devemos ter Deus no coração e exercitar Jesus no nosso dia dia. Conforme está escrito em Mateus 22:37-39: " 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento'. 38Este é o primeiro e maior mandamento. 39E o segundo é semelhante a ele: 'Ame o seu próximo como a si mesmo'. Então meus irmãos Deus é o grande Juiz, que tem todo direito de julgar, porque ele é sempre justo. Mas nós devemos tomar cuidado com julgamentos, porque podemos errar. Quem condena outra pessoa pode estar se condenando a si mesmo! Não é bom julgar outras pessoas. Todos erramos mas todos podemos ser perdoados por Deus. Por outro lado, devemos julgar ações, para entender o que é certo e o que é errado. Para julgar ações corretamente, precisamos da ajuda de Deus. "Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Mateus 7:1-2

  • Neto | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 16h35
    13
    0

    Concordo com o Victor porque aqui em Pontes e Lacerda tem policial civil que foi preso por tráfico e saiu da prisão e voltou a trabalhar. Na PM daqui os policiais que caíram foram todos demitidos. Nunca mais voltaram. Tem alguma coisa estranha nessa corregedoria da Polícia Civil.

  • Benedita | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 16h11
    4
    9

    Ai não existe previdencia que aguente, tudo indica que vai receber mais tempo aposentado de que contribuiu! Sem falar que no minimo está aposentando com uns 25.000,00, isso mesmo, vinte e cinco mil reais, é mole? Pode froide? Aqui no Mato Grosso pode. Lucas deixa de ser choram, pois quando a Policia Civil tem seus beneficios, muitos ficam é tirando onda com os praças! E outra o Oficial é a nível de delegado, não misture as coisas, na PM existe duas policias; a dos oficiais e a dos praças; e você com essa choradeira ou é agente ou escrivão , portanto faz parte dos réles mortais e, lute pelos seus direitos, não fique só apontando o dedo!

  • Victor | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 15h11
    10
    0

    Então Sr Lucas a questão é que o policial militar é preso por qualquer coisa, sem prova alguma em decorrência da legislação processual penal militar de exceção, enquanto que o policial civil é processado geralmente é porque está envolvido em casos graves, dos quais não foi possível a instituição (que é responsável pela investigação) eximi-lo.

  • Gianne | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 13h57
    11
    12

    Excelente profissional! Inteligência ímpar e caráter impecável! Sucesso na nova jornada! A PM perde um ótimo representante!!

  • Willian | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 10h04
    13
    6

    Do jeito que nossa justiça é lenta, até finalizaram o processo dos grampos, todos já estarão aposentados.

  • Lucas | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 09h40
    11
    14

    É FODA, NA PJC SE O ESCRIVÃO OU INVESTIGADOR TIVER RESPONDENDO CORREGEDORIA, PODE TER "200 ANOS DE SERVIÇO", QUE O ESTADO IMPEDE VC DE SE APOSENTAR, FAZER O QUÊ NÉ, PARA UNS O RIGOR DA LEI PARA OUTROS SÓ O BENEFICIO DA LEI.

  • Cidadão | Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019, 09h17
    10
    12

    Um homem decente. A PMMT perdeu um dos melhores oficiais.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS