29 de Maio de 2020,

Entrelinhas

A | A

Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 09h:50 | Atualizado:

AULAS EXCEDENTES

Professores de Cuiabá não recebem

Jorge Pinho

Secretaria de Educação

 

Professores da rede municipal de Cuiabá denunciaram ao FOLHAMAX que não receberam nesta terça-feira os valores previstos por aulas excedentes referente aos meses de fevereiro e março. Cada profissional teria direito a redeber R$ 7 mil, mas somente R$ 2,5 mil foram creditados.

A categoria alega estar "desesperada". "Não sabemos o que fazer", afirmou um profissional.

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Elaine | Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 15h48
    5
    2

    Pra quem não sabe, estamos desde fevereiro sem receber salário das horas excedentes. Explico: Quer dizer que, recebemos só por um periodo de aula até este momento...o outro estamos sem receber. No meu caso sou efetiva no matutino, e vespertino estou sem receber as horas excedentes. Está somatória se dá os períodos vespertino de fevereiro e março. Mas GRANDE parte deste valor fica retido no imposto. Estamos vivendo dias difíceis assim com nossos honerarios atrasados desde ano passado. Isso é uma falta de respeito.

  • Amanda | Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 12h49
    0
    2

    E com relação ao Proceso seletivo da saúde, quando estarão recebendo os documentos para contratação???

  • Nenéuletó | Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 10h57
    7
    1

    É só votar no PALETÓ novamente! Boa sorte!

  • moreira | Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 10h50
    5
    2

    7 mil fora o salário? Melhor que isso só Ministro do STF, almofadinhas dos orgaos de justiça e do prefeito mané paletó que rouba e ganha pra roubar.

  • ana | Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 10h44
    7
    1

    não entendi.... 2 meses de aula excedente 7 mil? então eles recebem 3, 500 por cada mes com aulas excedentes. tem algo errado ai

  • Indignado | Terça-Feira, 31 de Março de 2020, 10h26
    7
    0

    A SME este uma bagunca o secretario está perdendo o rumo ou estao errando de propósito,num momento tão crítico como este que passamos onde o salário é suma importância o prefeito nos desampara

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS