04 de Abril de 2020,

Entrelinhas

A | A

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 14h:48 | Atualizado:

4,48%

TJ concede RGA aos servidores

tjmt.jpg

 

Por unanimidade, o pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso aprovou a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) aos servidores do Judiciário. Eles terão um reajuste de 4,48%, a contar a partir de janeiro deste ano.

Presidente do Judiciário, o desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha explicou que a RGA dos servidores está prevista no Orçamento do órgão. “Não temos e não teremos problemas de Orçamento em 2020. Estamos dando a RGA porque todos que passaram e todos que aqui estão sempre fizeram a lição de casa. Então temos que dar”, explicou Carlos Alberto, alfinetando o Governo do Estado, que não concede a revisão inflacionária desde 2018, sob alegação de crise econômica e estouro da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Com aprovação do pleno, a mensagem será encaminhada à Assembleia Legislativa e, caso aprovada, irá a sanção do governador Mauro Mendes (DEM). “Se vetar lá, é questão do Executivo. Nós estamos fazendo nossa parte”, completou Carlos Alberto. 

 

Postar um novo comentário

Comentários (38)

  • Antonio Gilmar de aguiar | Sábado, 29 de Fevereiro de 2020, 12h36
    0
    0

    Na verdade esse governo está esperando entrar na campanha para governo, para ele dar RGA para o executivo, e ainda parceladas. Na certeza de que vai precisar de muitos votos para se eleger novamente, o meu voto já mais vai ser somado para ele se eleger

  • wagner | Sábado, 29 de Fevereiro de 2020, 07h36
    0
    0

    E CANALHAS O TCE 70 MIL DE VI ....PRA PQP MM.

  • ALEXANDRE | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 23h27
    1
    0

    Com uma folha de 600mi, estou chutando alto, um RGA de 4,5%, estou arredondando do 4,48%, seria 27mi a mais. Para uma arrecadação de 1,4bi, estou chutando dentro do que o governo apresenta. O valor percentual seria de 1,94% arredondando para 2% da arrecadação mensal. Em 2019 ele concedeu 50 milhões só para a assembleia é mais que o dobro. Sinceramente não vejo motivos para não conceder, a falácia de aumento da folha não cola, oque colabora com ele e a questão da LRF, mas a comissão de fiscalizacao foi desfeita no início do mandato é não sei se os servidores tem acesso às contas reais pois o estado divulga oque quer. Nós da educação paramos ano passado mas os outros não quiseram agora aguenta, se a saúde tivesse entrado junto a RGA saia, mas o líder dos sindicatos é amiguinho do governador até do mesmo partido o tal oscarlino. Querem ter vez e voz, comecem tirando esse cara.

  • Pedro | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 18h41
    1
    0

    Ana, última coisa: NÃO tem plano de saúde diferenciado para servidor. Não tem. E acho que não deve ter mesmo.

  • Pedro | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 18h38
    3
    5

    Ana, meu argumento foi no sentido de que, mesmo com tais auxílios, o rendimento médio do servidor do Judiciário fica abaixo daquele pago aos servidores do próprio Executivo. E tem mais: se o servidor se aposentar, ele perde os auxílios (claro que deve perder; não discuto isso, mas sim o fato de que a aposentadoria vai ser muito mais baixa que a dos outros servidores, os quais recebem subsídio [parcela única]). Outra coisa: Analista do TJ, p. ex., pra promover pra penúltima classe precisa de MESTRADO e pra última classe, de DOUTORADO. Isso mesmo: DOUTORADO. No Executivo, promove-se até a última classe com cursos básicos feitos até mesmo on-line. Enfim... repiso o que disse: SERVIDORES EFETIVOS (analistas e técnicos) do Judiciário têm o pior salário entre TODOS os poderes. Não são marajás, como se pinta por aí.

  • alexandre | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 16h35
    5
    0

    Teve aumento dos duodecimos, todo ano, os Poderes, aumentam gastos, pra pedir aumento de duodecimos , que são concedidos pelo governador, a custas de mais achatamento no executivo..

  • Antonio Gilmar de aguiar | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h37
    13
    0

    Na verdade esse governo está esperando entrar na campanha para governo, para ele dar RGA para o executivo, e ainda parceladas. Na certeza de que vai precisar de muitos votos para se eleger novamente, o meu voto já mais vai ser somado para ele se eleger

  • ana | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 13h26
    10
    2

    Pedro... mas como voce mesmo disse... tem auxilio alimentação, creche (mesmo que so ate os 6 anos) plano de saude diferenciado, isso ja faz diferença.

  • qwerty | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h39
    18
    1

    simplesmente mesquinhos esses juízes que são contra a rga dos servidores do executivo, são invejosos, individualistas, barraqueiros, etc..

  • CARLOS | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h36
    21
    1

    GENTE ELES ESTÃO CERTOS É O CORRETO SIM PAGAR A RGA A SEUS SERVIDORES. QUEM ESTÁ ERRADO É O GOVERNADOR ELE QUEM NÃO ESTÁ SENDO CORRETO C SEUS SERVIDORES RETIRANDO DIREITOS DELES. ISSO NÃO CORRESPONDE A AUMENTO E SIM A INFLAÇÃO PARA QUE O SALARIO NÃO SEJA DESVALORIZADO. TODOS GANHAM INCLUSIVE QUE GANHA SALÁRIO MINIMO TODO ANO TEM AUMENTO. FORA MAURO MENDES

  • qwerty | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h35
    12
    1

    simplesmente mesquinhos esses juízes que são contra a rga dos servidores do executivo, são invejosos, individualistas, barraqueiros, etc..

  • Pedro | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h58
    7
    24

    Bom dia! Não sou de comentar, mas acho necessário esclarecer algumas coisas que são tomadas como verdade absoluta. Em primeiro lugar, quem ganha bem no Judiciário são os JUÍZES e ALGUNS cargos comissionados. A grande massa dos servidores do Judiciário (técnicos e analistas) tem o pior salário entre os tribunais do país e até mesmo em relação ao próprio poder executivo. Sem falar no Legislativo, TCE, MP etc. Basta ir no transparência e olhar o PCCS. Tem várias carreiras de analista do Executivo cujo final de carreira passa dos 20k. Os analistas do TJ chegam no máximo a 16k. Aí falam: mas tem auxílio isso, auxílio aquilo. Tem auxílio alimentação e saúde (creche pra quem tem filhos até 6 anos; depois corta), o que só com eles faz com que o rendimento seja PARECIDO com o do próprio Executivo. Lembrando que o SUBSÍDIO do Judiciário é baixíssimo, o que repercute em valor menor do terço de férias por exemplo. Então, trata-se de uma grande falácia dizer que no Judiciário só tem marajás.

  • orlando | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h52
    18
    2

    NENHUM SINDICATO FALOU NADA. QUEREM RESPEITO DO SERVIDOR MAS FICA ESCONDIDO IGUAL MINHOCA. DESSE JEITO É MELHOR NÃO TER SINDICATO. E NÃO ADIANTA SAIR NA BRIGA, USA O NUMERO DE VOTOS.

  • Maria Bernadete Botelho | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 09h40
    24
    2

    NO TJMT SOBRA DINHEIRO, A EXEMPLO DO QUE ACONTECE NA ASSEMBLEIA. POR ISSO APROVAM A RGA PARA SEUS SERVIDORES MARAJÁS E AGORA CRIARAM NOVE VAGAS PARA DESEMBARGADORES. UMA VERGONHA, DESPERDIÇANDO DINHEIRO PÚBLICO QUE DEVIA IR PARA A SAUDE, A EDUCAÇÃO, A SEGURANÇA, PARA SUSTENTAR UMA CASTA DE MARAJÁS. CADA DESEMBARGADOR GANHA QUASE CEM MIL REAIS POR MES E O AUMENTO DO NÚMERO DE VAGAS NÃO AGILIZA O ANDAMENTO DOS PROCESSOS. O QUE GARANTE CELERIDADE SÃO OS JUÍZES DE PRIMEIRA INSTANCIA E ISSO FOI DITO CLARAMENTE PELOS DESEMBARGADORES MARCIO VIDAL E JUVENAL PEREIRA, QUE PONDERARAM QUE DOIS OU TRES NOVAS VAGAS SERIAM SUFICIENTES. UMA VERGONHA, MAIS UM ABUSO COM DINHEIRO PÚBLICO.

  • D.O.A | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 08h51
    19
    2

    canalhas , ca na lhas!!!!!

  • adalberto | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h27
    17
    1

    quem pode mais.. TJMT, ganha mais, quem pode menos Executivo de MT..ganha menos e trabalha mais.. legislar por causa própria, isso pode "Arnaldo"

  • Jair costa | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 06h37
    17
    1

    Justiça corrupta

  • Gil | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 21h23
    37
    0

    Por isso digo lembrar o nome de todos deputados que aí estão, o governador e seus aliados , é o papel que devemos fazer , derrubar um a um o voto resolverá .

  • Pop | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 21h04
    29
    0

    Fico preocupado com situações que estão ocorrendo no CEARÁ. Cade a isonomia para todos os servidores.

  • Pacufrito | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 20h42
    29
    2

    Imorais, judiciário conivente e leniente com as imoralidades, corporativista, JUDICIÁRIO VERGONHA , VERGONHA, enquanto milhões não tem saúde, não tem o que comer, não tem emprego, os que ja são privilegiados, os que ja tem muito, saqueiam mais ainda os mais pobres. VERGONHA.

  • joao | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 20h24
    46
    1

    Atenção servidores do poder executivo, principalmente dos servidores da educação, esta RGA já confirmada o pagamento, com certeza vai ser aprovada pelos deputados da AL, estes mesmos deputados que negaram o pagamento da RGA a vocês. Eu quero ver a posição de vocês quando os deputados da gestão atual que foram contrários ao pagamento tiverem pedindo votos. Pense nisso!!!

  • Agenor | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 20h06
    34
    1

    Coitados, salários deles são tão baixo, da até pena. Uma verdadeira vergonha, infelizmente ainda sou obrigada a perder tempo e ir nas urnas votar, mas meu voto tá garantido 000.

  • Servidor | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 19h54
    37
    0

    É por isso que esses fds desses desembargadores negam todos os pedidos feitos pelo executivo com relação ao RGA, pra garantir o pagamento do deles. Bando de c a ñ a l h a s ainda vem com essa conversa fiada de q fizeram dever de casa...

  • ana | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 18h27
    30
    0

    será verdade que eles tem um otimo plano se saude com preços mais modicos? que tem creche pros filhos? alguem sabe se é verdade e se existem outras regalia?

  • Sacripanta | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 18h09
    41
    0

    Vou tirar uma cópia desta reportagem para guardar em 2022 antes de ir votar eu leio e já vou para urna sabendo quem não terá meu voto. E candidato do Mauro Mendes pra prefeito já vai sentir o gosto do purgante esse ano mesmo.

  • SERVIDORES | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 17h39
    44
    0

    ESSA JUSTIÇA HISTÓRICA...PARA SEUS SERVIDORES CONCEDEM RGA ENQUANTO OS DEMAIS SERVIDORES ELES NEGA....HIPÓCRITAS

  • Carvalho | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 17h32
    49
    0

    Cara, como que pode um negócio desse. O TJ veta o Rga para o executivo e pra eles não. Fico indignado com isso.

  • alexandre | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 16h39
    58
    1

    greve geral, tá na hora do Foro acordar...governo vai contar historia triste e falar que não tem dinheiro porque gastou com Poderes...aumento duodecimos...

  • alexandre | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 16h20
    59
    1

    E omesmo TJ aí nega RGA pro executivo, absurdo...

  • Indignado | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 16h07
    69
    1

    Enquanto os nais de cem mil servidores do executivo aceitarem caladinhos nunca mais teram a reposição,pois com esse sr.mentira Mauro Mentes no comando a maldade com os servidores será certa,Ele não fez e nem nunca fará algo de bom para os servidores públicos se não fazia para os empregados da empresa dele imagina para os servidores que não são dele e sim do estado. Pior governante que está passando por MT,pior que Pedro Taques e o Silval.

  • TIAGO DOS TRECHOS | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 16h02
    60
    1

    MUITA PIADA EM CIMA DE PIADA NOSSO EXECUTIVO COMO SEMPRE SEM MORAL MESMO O VELHO DITADO DIZ TUDO QUEM NAO CHORA NAO MAMA E O MAIS ENGRAÇADO DE TUDO KKKKKKKK QUE É O EXECUTIVO QUE REPASSA O DUODECIMO PARA O JUDICIARIO KKKKKKKK ISSO TA MELHOR QUE UM FILME DE COMEDIA

  • Afrânio | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h46
    43
    0

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK PIADA.

  • Juca | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h45
    60
    1

    Em recente decisão, o STF decidiu que a lei que concede RGA a todos os poderes é de iniciativa do Chefe do Poder Executivo. A revisão geral anual deve ser idêntica para os servidores de todos os poderes. A iniciativa do chefe de cada poder se restringe a aumento ou revisões específicas de cada carreira. Assim, as leis que concedem RGA para esta ou aquela categoria de servidor é inconstitucional. Cabe aos sindicatos do Poder Executivo jogar essa farofa no ventilador. Aí quero ver se não vão pagar RGA para todos.

  • Maria Flor dos santos | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h21
    63
    1

    E NÓS DO EXECUTIVO ATÉ QUANDO AGUENTAREMOS ESSA DEFASAGEM EM QUE O GOVERNADOR NOS DEIXA? TEMOS QUE SOFRER MAIS? NÃO MERECEMOS?

  • HELO | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h14
    61
    4

    E PARA O PODER EXECUTIVO, NADA. SE PAGAR PARA O EXECUTIVO O ESTADO VAI FALIR....

  • bruno | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h07
    65
    4

    F I L H O D A P U T A, ONDE ESTÃO OS CANALHAS DA POPULAÇÃO PARA FALAR MAL? BANDO DE FDP

  • Teka Almeida | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 15h06
    68
    1

    O Tribunal de Faz de Contas e o TJMT provam que recebem duodécimos além do realmente necessitam. Enquanto isso os servidores do executivo tem seus direitos negados. E o pior, nem ficam constrangidos tamanha injustiça. Mato Grosso está a deriva com um governo FAKE NEWS e poderes que só funcionam para seus umbigos.

  • E NÓS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 14h54
    63
    3

    MAIS QUE VERGONHA MEU DEUS.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS