13 de Novembro de 2019,

Esporte

A | A

Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 01h:11 | Atualizado:

Felipão tem seus titulares quase definidos, mas Fred e Júlio César preocupam

Favorito da Copa do Mundo que disputará em casa, o Brasil já tem sua equipe praticamente definida desde a conquista da Copa das Confederações, mas o técnico Luiz Felipe Scolari ainda tem dores de cabeça nas posições de goleiro e centroavante.

A 100 dias do início da competição, Júlio César e Fred preocupam. Ambos já foram "garantidos" por Felipão na Copa, mas praticamente não jogaram nos últimos seis meses, por motivos diferentes.

Reserva do Queens Park Rangers, da segunda divisão inglesa, o goleiro titular da seleção finalmente acertou sua transferência para outro clube, o Toronto FC, que atua na Major League Soccer (MLS) americana. Ele deve poder ganhar tempo de jogo, mas a MLS não tem o mesmo nível de competitividade dos campeonatos europeus, ou do Brasileirão.

Já o camisa 9 sofreu repetidas lesões e só voltou a atuar regularmente com o Fluminense há duas semanas. Desde então, marcou dois gols, mas também perdeu dois pênaltis.

Ambos foram convocados para o amistoso desta quarta-feira contra a África do Sul, o último antes da convocação final para a Copa. Em seguida, a equipe disputará dois jogos de preparação, contra Panamá e Sérvia. "Será um teste importante, com uma seleção africana, que recentemente venceu a Espanha (por 1 a 0 em amistoso disputado em novembro), e um bom momento para conversar com os jogadores e a comissão técnica sobre o planejamento para a competição", declarou o treinador.

Se puder contar com Júlio César e Fred em forma, a equipe titular de Felipão deve ser a mesma que atropelou a Espanha por 3 a 0 em junho do ano passado no Maracanã, na final da Copa das Confederações. Na frente do goleiro do Toronto, Thiago Silva e David Luiz formam a dupla de zaga, ao lado dos laterais Marcelo e Daniel Alves. O meio campo conta com Luiz Gustavo e Paulinho como volantes, e com Oscar, para articular as jogadas. Na frente, Neymar e Hulk têm liberdade para atuar pelos lados, com Fred jogando mais fixo na área.

-Questão de confiança - Desde que voltou à frente da seleção, em dezembro de 2012, o técnico do Penta conseguiu devolver a confiança à equipe.

O capitão Thiago Silva está se firmando cada vez mais como um dos melhores zagueiros do planeta.

Seu parceiro na zaga, David Luiz, vive uma temporada de altos e baixos com o Chelsea, onde muitas vezes é escalado como volante ou simplesmente deixado no banco pelo técnico José Mourinho. Com a camisa verde-amarela, no entanto, sempre deu conta do recado.

Outro trunfo de Felipão foi ter levado Neymar a assumir mais responsabilidade, para se firmar mais do que nunca como o dono do jogo da seleção.

O treinador também teve o mérito de trazer de volta Fred, que era barrado pelo seu predecessor Mano Menezes e foi artilheiro da Copa das Confederações com cinco gols marcados. Por isso, os problemas físicos do atacante do Fluminense chegaram a tirar o sono da comissão técnica.

"É lógico que essas lesões preocupam. Se ele se lesionar novamente, pode até colocar em perigo sua convocação para a Copa do Mundo", alertou no início de fevereiro o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira.

Mesmo assim, o camisa 9 continua tendo crédito de sobra com Felipão. "Além de Fred ser um bom jogador, é uma pessoa espetacular, que comanda o grupo. Preciso dos jogadores em que tenho total confiança", ressaltou o treinador.

Ao lado do atacante tricolor, Jô parece o único outro candidato para a segunda vaga de centroavante, já que Diego Costa optou por defender a seleção espanhola.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS