11 de Dezembro de 2019,

Polícia

A | A

Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 11h:29 | Atualizado:

OPERAÇÃO CAMUFLAGEM

Empresário é preso por comprar defensivos roubados em MT; grupo usava “roupas do Exército”

Operação cumpriu 9 mandados de prisão contra quadrilha especializada em roubos de caminhonetes e insumos agrículos

Gaeco3.jpg

 

Nove pessoas foram presas preventivamente nesta segunda-feira (11) na operação Camuflagem II, realizada nos municípios de Sorriso, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sinop, São José do Rio Claro, Canarana e Cuiabá. Foram apreendidos também munições, réplicas de armas, grande quantidade de defensivos agrícolas (a contabilizar), documentos, balaclavas e roupas camufladas típicas da Forças Armadas. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão.

De acordo com o Gaeco, integrantes da organização investigada usavam, em vários municípios do estado, roupas camufladas e entravam nas fazendas para roubar carros e defensivos agrícolas. Posteriormente, os produtos e veículos eram esquentados e comercializados na região junto a receptadores.

Um dos casos elucidados é o roubo da fazenda Bom Jesus, em Nova Mutum. Entre os presos, está Oldoni Pagnoncelli, dono de uma empresa de insumos de Sorriso. Segundo a polícia, ele é acusado de receptação por ter comprado defensivos roubados.

Os fatos ainda estão sendo apurados para posterior oferecimento de denúncia criminal. A operação é resultado de uma atuação integrada entre o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), unidade regional de Sorriso, Polícia Civil, Polícia Militar, Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, Ciopaer e a Polícia Rodoviária Federal.

 

 

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ademar Adams | Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 12h24
    3
    0

    E os contrabandeiam do Paraguai defensivos proibidos, que dia serão investigados e presos?

  • Djuca | Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 11h44
    6
    0

    Receptador é tão ou mais bandido que o ladrão, deveria ter pena de morte.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS