17 de Novembro de 2019,

Polícia

A | A

Domingo, 20 de Outubro de 2019, 11h:25 | Atualizado:

FATALIDADE

Filha de assassino de engenheiro morre em acidente em MT


Da Redação

filhaprodutor.jpeg

 

Uma mulher de 32 anos, identificada como Mariana de Moraes, morreu após bater seu Chevrolet Cobalt LTZ em um barranco de terra na rodovia estadual MT-338, no trecho entre as cidades de Porto dos Gaúchos (distante 650 quilômetros de Cuiabá) e Novo Paraná (distante 628 km).

Conforme informações da imprensa da região norte do Estado, testemunhas do acidente disseram que a jovem perdeu o controle da direção, atingiu o montinho, o carro virou e capotou. Pessoas que vinham atrás chamaram socorro, mas ela faleceu ainda no local do acidente.

A informação do boletim de ocorrência é de que ela retornava de uma visita ao assentamento rural Arara Azul, a cerca de oito quilômetros da área rural de Porto dos Gaúchos.

Mariana é filha do produtor rural Paulo Faruk de Moraes, réu confesso da execução a tiros do engenheiro agrônomo Silas Henrique Palmieri Maia por causa de uma dívida de algo em torno de 12 mil toneladas de grãos que ele tinha com a empresa na qual Silas trabalhava, no dia 18 de fevereiro deste 2019.

O corpo de Mariana foi levado para uma autopsia em Juína (distante 735 quilômetros de Cuiabá). Deve ser velado ainda neste domingo (20) e sepultado na cidade onde morava, em Porto dos Gaúchos.

Galeria de Fotos

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Ana | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h34
    2
    0

    O pai dessa moça deve estar se sentindo muito culpado, ontem uma pai chorou a perda do filho por conta da ação dele, hoje é ele q chora sobre o caixão da filha, que Deus tenha piedade e dê consolo para os familiares.

  • J.José | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 00h35
    2
    0

    O engenheiro agrônomo Silas Henrique Palmieri Maia, de 33 anos, morreu com tiros na cabeça em uma lanchonete localizada na região rural ... Ela 32 anos a outra vítima do pai 33 anos! Falei que era quase mesma idade.

  • J.José | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 00h30
    2
    0

    Eita punição hein, lembrando que foi morto pela pai desta jovem também era jovem, quase a mesma idade.

  • Cidadã | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h25
    8
    6

    Quanta maldade, uma coisa não tem nada a ver com a outra. Fatalidade de que qualquer um esta sujeito, coincidiu de o pai dela ser quem é. Então quer dizer se qualquer um dos senhores errar teria que um de seus filhos morrer? A moça não tem nada a ver. Que ela receba de Deus o que a ela tiver sido preparado no outro plano. E a falta do amor em Deus está esfriando os corações.

  • Dona Porfiria de Jesus | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 21h18
    3
    1

    Esse tal de Sr. Clareza é muito repetitivo. Vote?

  • Moreira | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 20h36
    9
    2

    Tragédia para ambas famílias. Momento de dor e tristeza. Não podemos levar pelo lado da vingança divina, porque Deus é amor e compaixão. Deus tenha piedade.

  • Adriana | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 19h22
    7
    6

    Matéria tendenciosa. O que o pai fez não reflete na fatalidade ocorrida com a filha. A que ponto chegamos? Ninguém se comove com um acidente que acabou com a vida de uma jovem que não fez mal nenhum... absurdo!

  • Sr. Clareza | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 15h39
    13
    2

    Caraca hein... seria o castigo vindo ainda em vida pela covardia!!!

  • Sr. Clareza | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 15h39
    13
    2

    Caraca hein... seria o castigo vindo ainda em vida pela covardia!!!

  • Russo | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 14h17
    21
    4

    Aqui se faz aqui se paga, infelizmente essa moça teve que perder a vida para outro sentir na pele o que ele proporcionou a outra família. Lei da ação e reação que regem o universo.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS