08 de Dezembro de 2019,

Política

A | A

Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 19h:48 | Atualizado:

4 MESES FECHADA

Câmara de VG ainda não tem projeto de reforma

Legislativo tem funcionado em imóvel alugado


TVCA

camaravg.jpg

 

Depois de decidirem pela demolição do antigo prédio da Câmara de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá para reconstruí-lo, vereadores trabalham em imóvel alugado há mais de quatro meses. A questão, entretanto, é que ainda não há nenhum projeto de construção da nova sede.

De acordo com os parlamentares, o processo licitatório para a obra, que deve custar cerca de R$ 6 milhões, deve ser publicado somente a partir de outubro.

A Câmara informou que elaborou um pré-projeto e entregou à Secretaria Municipal de Obras, que deve analisar e fazer um projeto executivo e licitar.

Entretanto, nesses quatro meses pouca coisa evoluiu. Com antigo espaço fechado, houve depredação e furto de fios da rede elétrica.

O prédio atual foi alugado por meio de chamamento público, ou seja, com dispensa de licitação. No local há três pisos para plenário, setor administrativo e gabinetes, além de estacionamento. O custo é de 15 mil reais por mês.

Ainda segundo os vereadores, o prédio antigo não tinha mais condições de abrigar a câmara. O imóvel tem mais de 50 anos, está com infiltrações e vários problemas na rede elétrica.

A prefeitura informou que junto com os vereadores busca a melhor solução, a mais econômica e viável, para as novas instalações do legislativo municipal.

A expectativa dos parlamentares é que a nova sede fique pronta até o fim deste mandato, que se encerra no ano que vem.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • rico | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 09h34
    0
    0

    Cade o MP, Corpo de Bombeiro pra fiscalizar a precaridade onde está funcionando a Câmara Municipal se houver um incêndio e matar só vereadores o município não perde nada e as pessoas que lá trabalham e frequenta já esqueceram da Feicovag de José Carlos de Freitas?

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS