20 de Outubro de 2019,

Política

A | A

Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 09h:52 | Atualizado:

OPERAÇÃO ESDRAS

Delegada diz não tolerar obstrução às investigações em MT


Gazeta Digital

anacristina.jpg

 

A delegada da Polícia Civil, Ana Cristina Felder, que requereu as prisões de 2 secretários do governo Pedro Taques (PSDB), afirmou que “não vai tolerar” obstrução à Justiça no inquérito que investiga o esquema de escutas clandestinas no âmbito da Polícia Militar.

Os secretários de Segurança Pública (Sesp), Rogers Jarbas, e de Justiça e Direitos Humanos, coronel Airton Benedito Siqueira Júnior, além de outras pessoas ligadas ao governo do Estado, foram presos por envolvimento no esquema de grampos e acusados de tentarem obstruir as investigações. 

Os pedidos de prisão foram acatados pelo desembargador do Tribunal de Justiça, Orlando Perri, que determinou a prisão de oito envolvidos, além de 15 mandados de busca e apreensão e uma condução coercitiva, na Operação Esdras, deflagrada na quarta-feira (27).

De acordo com a delegada, o crime dos grampos ilegais é grave e os envolvidos têm que ser tratados como organização criminosa, diante da complexidade do esquema e da suposta participação de autoridades no âmbito político e judiciário.

“A pena desse crime é o mesmo da organização criminosa. É um verdadeiro atentado, isso dificulta com que a gente avance nas investigações e venha a trazer à tona toda a verdade que a sociedade aguarda”, diz.

Por isso, de acordo com a delegada, não serão toleradas tentativas de dificultar as investigações como ocorreu, motivo pelo qual foi realizada a Operação Esdras. Segundo ela, a ex-primeira-dama do Estado, Samira Martins, e a esposa do ex-secretário chefe da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, teriam tentado impedir o andamento das investigações.

“Existe a investigação da interceptação clandestina em si. Cada tentativa de obstruir a justiça é uma nova investigação. Essa de hoje é uma investigação, uma operação dessa tentativa de obstruir e embaraçar a investigação referente às interceptações, que toda a sociedade espera resposta”, disse.

Ainda segundo a delegada, não está descartado o pedido de novas prisões, caso seja necessário. “A partir de agora, nós não vamos mais tolerar nenhum tipo de obstrução, nenhum tipo de que se crie mais nenhuma dificuldade. Sendo essas atitudes de atrapalhar as investigações por alguém da organização criminosa ou por um mero amigo, nós vamos avaliar e, se necessário, iremos representar por novas prisões preventivas”, encerrou.

 

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Reginaldo | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 21h07
    0
    0

    Seu José Carlos,quem conhece não está com a senhora Delegada....Honesta????????????

  • CLOVIS | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 16h12
    5
    2

    FORÇA DRA CRISTINA, CADEIA PRA ESSA CANALHADA

  • Maria | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 14h01
    21
    3

    Concordo com vc Patricia. O trabalho competente e o firme posicionamento da delegada é o verdadeiro empoderamento feminino! Outro tipo de postura alardeado por outras autoridades femininas são mais vergonhosas que qualquer coisa! Parabéns pelo seu trabalho delegada!!

  • Lissandro Almeida | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 13h58
    13
    1

    Belíssima!!!!

  • Madalena Soares | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 12h00
    7
    15

    Não aplaudiam a pessoa errada... só quem sabe dos podres dela que fica indignado com tanto empoderamento.....

  • Cidadão | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 11h43
    16
    3

    O povo agradesce a Delegada e ao Dr. Perry , pela coragem e determinação nessa luta contra esses bandidos que se instalaram nesse governo.

  • julio | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 10h59
    23
    3

    Falta ainda alguns integrantes de uma suposta quadrilha denunciada pelo Coronel Siqueira.... Coronel Siqueira denuncie de Novo .... pois essa Delegada tem coragem ....Denuncie a quadrilha que faz seguranças de fazendas de forma ilegal, adulteram Boletins de Acidentes para cobrarem DPVAT, utilizam policiais militares para realizar segurança do comércio e escolta de valores em horário de folga e mesmo com a estrutura do Estado entre outras coisas erradas....agem em Rondonopolis, Primavera, Água Boa ... tem até um pesqueiro em Sorriso que a justiça não conseguiu pegar.... o Povo esta cantando uma música antiga de novela... só o refrão "Seu Delegado prende o Tadeu...." .... tem um outro que tem nome de avenida em Cuiabá ...Avenida das Torres.... e mais um com nome de brasileiro Silva... e sobrenome de português Sá.....

  • JOÃO | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 10h52
    17
    2

    Por que o bolha-assassina está envolvida nessa parada? O cara já está no banco de reserva e ainda fica procurando precipício para cair! " Malandro ... tô na pisxxta!!" Diria o carioca esxxxpérrto!!!

  • Jose carlos | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 10h27
    53
    7

    Dra.ANA CRISTINA O POVO MATOGROSSENSE ESTÁ COM A SENHORA....FICA TRANQUILA..... NÓS SÓ TEMOS QUE FAZER UMA COISA PRA SENHORA..... 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏 APLAUDIR E DESEJAR QUE A SENHORA CONTINUE ASSIM.... POIS SOMENTE PESSOAS DESSE NAIPE...PESSOAS HONESTA E TRABALHADORA COMO A SENHORA..... O POVO SERÁ MAIS FELIZ.

  • Maysa | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 10h18
    36
    4

    Não entendi o pq da senhora Samira ainda estar de fora... da prisão!?? Pasma com o nível que chegamos neste Estado. Dos que deveríamos esperar algum tipo de órdem e proteção, o que temos?? Bandidos da mais alta 'patente'!

  • Patricia | Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2017, 10h08
    49
    6

    Essa sim está mostrando o que é empoderamento feminino...Parabéns Delegada continue nesse caminho!!!Que o senhor Jesus lhe abençoe com muita sabedoria na condução desses inquéritos bem como proteção contra esses corruptores!!!Que sirva de exemplo para todos os outros delegados principalmente os homens que se acovardaram diante de Jarbas e companhia...

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS