05 de Agosto de 2020,

Política

A | A

Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 09h:35 | Atualizado:

DELAÇÃO MONSTRUOSA

ONG refaz pedido para AL investigar 15 deputados delatados por Silval

Primeiro pedido foi arquivado pela AL-MT, que alegou falta de legitimidade

gauchinho-ongmoral.jpg

 

Após a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) ter arquivado o pedido de investigação dos deputados citados na delação do ex-governador Silval Barbosa, o Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (ONG Moral) voltou a protocolar um novo pedido de investigação, desta vez, como pessoas físicas.

O documento foi protocolado pelo diretor da organização, Gilmar Brunetto. Segundo ele, o pedido anterior, analisado pelo corregedor da Comissão de Ética da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Saturnino Masson (PSDB), foi arquivado por conta de corporativismo entre os parlamentares.

“É basicamente o mesmo que protocolamos anteriormente. Temos a clareza de que ele foi arquivado por conta do corporativismo e o compromisso com a corrupção que existe aqui nessa Casa de Leis. Vamos entrar agora como pessoa física. Eles alegaram que a ONG Moral não tinha legitimidade. Nossa expectativa é que eles cumpram com a obrigação deles”.

O pedido da ONG tem como principal foco os parlamentares que foram alvos da Operação Malebolge deflagrada em setembro de 2017. Após a delação premiada do ex-governador, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nos gabinetes de 8 deputados delatados por Silval sob acusação de recebimento de propina durante sua gestão. Foram levados computadores e documentos dos gabinetes da Assembleia Legislativa. Barbosa citou 15 dos 24 atuais parlamentares.

Os deputados Pedro Satélite (PSDB), Sebastião Rezende (PSC), Mauro Savi (PSB), Gilmar Fabris (PSD), Romoaldo Junior (PMDB), Guilherme Maluf (PSDB), Baiano Filho (PSDB), Dilmar Dal’Bosco (DEM) e José Domingos Fraga (PSD) aparecem na lista dos beneficiados com a propina que era destinada para não investigar a atuação do governador.

O deputado estadual Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD) é acusado de negociar propina para conseguir a concessão da rodovia estadual MT- 130 que hoje é pedagiada. Os deputados Wagner Ramos (PSD), Silvano Amaral (PMDB) e Oscar Bezerra (PSB) são citados cobrando propina para aprovar as contas do último ano de gestão de Silval e também de pedir dinheiro para não envolver o ex-governador na investigação feita pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa.

Daltinho (SD) aparece como chantagista na delação. De acordo com a declaração, o parlamentar que era suplente na época, teria gravado os colegas falando sobre o recebimento do mensalinho e depois coagido os outros deputados para que ele permanecesse no cargo. Botelho por sua vez é acusado de receber vantagem indevida paga pela empresa FDL, que prestava serviços de gravames de veículos ao Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT).

 



Postar um novo comentário

Comentários (22)

  • Davi | Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2018, 10h37
    2
    1

    ONG submissa ao governador Pedro Taques. Toda vez que a assembléia fiscaliza de fato o governo ela a usa para pressionar a assembléia. Se essa ONG tivesse verdadeiro compromisso com a moralidade pública teria acionado a assembléia legislativa para instaurar uma CPI para investigar o Secretário de Educação Permínio Pinto, o coordenador de campanha do Taques, Alan Malouff e o próprio governador pelas fraudes em licitações na Seduc. Lembremo-nos que o Alan Malouf afirmou que os recursos desviados seriam para quitar dívidas de campanha do Pedro Taques. No caso dos grampos em que secretários estariam por via transversa investigando juízes, promotores, jornalistas, deputados também não vi qualquer movimentação desta ONG. No contrato que o governador Pedro Taques firmiu com uma empresa acusada de desvios também não vi esta ONG. Onde estava esta ONG nas pedaladas com recursos federais vinculados da Educação, no atraso de repasses municipais, nos atrasos de salários de servidores. Enfim, não passa de mais um instrumento do governo.

  • Pedro | Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2018, 08h57
    1
    0

    Gaúchino, cadê vc não fala mais da gestaão do governo Pedro Taques????

  • Orlando | Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2018, 08h30
    2
    0

    Falando em Bruneto, porque não colocou o nome do seu primo Ademir Bruneto que na época era deputado e também foi citado

  • Luiz Cuiabano | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 19h21
    5
    1

    Esse dirigente e outros não merece o mínimo de credibilidade, vão trabalhar!!!

  • Francisco | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 18h57
    4
    0

    Essa CPI não vai dá em nada, porque é Raposa cuidando de galinha do mesmo galinheiro. Vergonha para o Estado, o que deve ser feito é não REELEGER NENHUM DESSES DEPUTADOS, varrer todo esses canalhas....

  • pacufrito | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 18h32
    4
    0

    Esta mais do que na hora da justiça dar uma resposta a sociedade, até quando vamos jogar a sugeira para de baixo do tapete, UMA VERGONHA QUE ATÉ O MOMENTO NÃO SE TENHA FEITO NADA PARA COLOCAR ESTES BANDIDOS NA CADEIA, roubaram milhões e milhões de reais dos cofres públicos, e até o momento ninguém foi para cadeia. Enquanto isto pessoas morrem nas filias dos hospitais por falta de recursos. UMA VERGONHA.

  • celso santos | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 18h17
    5
    2

    Essa ONG dá vergonha...nunca vi ela se manifestar pelo caso Seduc, que é a prova da corrupção do Taques. Esse gauchinho então, um puxa saco do Taques. Miseráveis, falsos moralistas.

  • Henrique Lopes | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 17h41
    3
    1

    Petista,... Lulista doente... Não tem moral pra cobrar nada. Mas esses bandidos tinha é que estar na cadeia e não sendo chamados de autoridades.

  • Só observo | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 15h58
    4
    1

    Esse aí NÃO TEM MORAL... Fez campanha descarada pro Taques... Não faz parte do Fórum sindical... Vive de SINDICATO. E pra fechar vive na aba do PCCS DO INDEA que é um órgão arrecadador e que TRABALHA 24 horas entre barreiras e postos fiscais. Amarrou burro na sombra. Sobfalta agora igual ao Lula e o primo petista extirpado da política Ademir Brunetto querer se lançar candidato kkkkkkk

  • vando | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 15h15
    5
    1

    ONG de desocupados, vão cansar serviço.

  • Zemane | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 14h30
    4
    1

    PELEGO do CAVALO do NAPOLEÃO do cerrado !!!!

  • edy marcos | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 13h17
    1
    1

    Existe vários remédios constitucionais referendo, iniciativa popular... Por que não os usa essas ongs? É meio contraditório não quererem a população maior interessada de fora. Quem nos garante que não estão querendo aparecer, defender o interesse de quem paga mais?

  • João José | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 12h57
    3
    1

    Tem que investigar você gauchinho

  • João Lucidônio | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 12h54
    2
    0

    Que moral têm esse Gauchinho? Quantos anos fazem que este cidadão não trabalha? Vive escondido por trás de sindicato e ONG, mas continua recebendo da Empaer, daqui a pouco está se aposentando, tal qual seu ídolo e mestre Luíz Inácio Lula da Silva. Quantas famílias no campo, precisam de orientações técnicas e não têm, porque quem ganha pra isso está na cidade pousando de moralista. Vai trabalhar vagabundo!

  • Carlos Alberto dos Santos | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 12h02
    1
    0

    Uma das maiores desgraças de uma nação, é quando homens profanos recebem autoridade. Todo povo vai sofrer as consequências desse erro gravíssimo. Pois homens profanos não tem tem honra e nem compromisso com a verdade. Pobre nacao Brasileira.

  • Luiz Carlos Vieira Nascimento | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 11h59
    2
    0

    E muito ladrão nesse país vamos colocar pena de morte pra políticos corruptos.

  • Luiz Carlos Vieira Nascimento | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 11h58
    1
    0

    E muito ladrão nesse país vamos colocar pena de morte pra políticos corruptos.

  • Davi | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 11h26
    24
    7

    ONG submissa ao governador Pedro Taques. Toda vez que a assembléia fiscaliza de fato o governo ela a usa para pressionar a assembléia. Se essa ONG tivesse verdadeiro compromisso com a moralidade pública teria acionado a assembléia legislativa para instaurar uma CPI para investigar o Secretário de Educação Permínio Pinto, o coordenador de campanha do Taques, Alan Malouff e o próprio governador pelas fraudes em licitações na Seduc. Lembremo-nos que o Alan Malouf afirmou que os recursos desviados seriam para quitar dívidas de campanha do Pedro Taques. No caso dos grampos em que secretários estariam por via transversa investigando juízes, promotores, jornalistas, deputados também não vi qualquer movimentação desta ONG. No contrato que o governador Pedro Taques firmiu com uma empresa acusada de desvios também não vi esta ONG. Onde estava esta ONG nas pedaladas com recursos federais vinculados da Educação, no atraso de repasses municipais, nos atrasos de salários de servidores. Enfim, não passa de mais um instrumento do governo.

  • Anderson | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 11h24
    18
    11

    Esse sujeito é muito incoerente: se diz contra a corrupção, mas defende o Lula com unhas e dentes!

  • Robson Souza | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 10h53
    12
    22

    Esse rapaz merece respeito. Tem feito um trabalho brilhante frente ao Sindicato dos trabalhadores da EMPAER e sempre ativo nós acontecimentos que fogem da moral e dos bons costumes. Merece respeito. A AL precisa da uma resposta à sociedade sobre esses atos imorais que foram relatados por Silval Barbosa.

  • Sindicato do povo | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 10h50
    15
    2

    Uma delação monstruosa,perigosa,destruidora que ninguém sabe se é vdd! Se o STF irá arquivar por envolver gente grandinha e sacada! Uma delação que não vi dar e não irei ver dar em nada! Simples assim sem remorso.

  • ......... Baixo Araguaia | Domingo, 04 de Fevereiro de 2018, 10h13
    28
    0

    Assembleia investigar,..???? brincadeira

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS