25 de Maio de 2020,

Política

A | A

Domingo, 29 de Março de 2020, 19h:05 | Atualizado:

FÔLEGO FINANCEIRO

Servidores citam crise e querem deixar de pagar os consignados em MT

Sindicato alega que Estado já sinaliza atrasar pagamento de salários

PAIAGUAS-NOVA-FOLHAMAX.jpg

 

Em geral, todo cidadão mato-grossense, independente da profissão ou área em que atua, deve ser prejudicado com a crise econômica que instalará em função da pandemia do coronavírus. O servidor público não será diferente, aliás, em Mato Grosso já se tem, inclusive, ameaças de atraso de pagamento dos salários.

Diante disso, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, tem buscado de diversas maneiras tentar minimizar os prejuízos para os servidores das pastas a qual representa. Uma das solicitações feitas recentemente ao governo do Estado pelo Sintap/MT é uma pausa no pagamento dos empréstimos de consignados.

“Sabemos que muitos servidores fizeram empréstimos e estão numa situação complicada, em função disso, então, solicitamos ao governo do Estado para que dê um fôlego para esses servidores no pagamento das respectivas parcelas, assim, como esta fazendo no pagamento de tributos”, disse a presidente do Sintap/MT, Rosimeire Ritter.

Inúmeras outras solicitações também foram feitas pelo Sintap/MT, junto ao Fórum Sindical, ao Governo do Estado em prol do servidor público. “Desde que se iniciou toda essa situação grave desta pandemia, temos nos dedicado diuturnamente e trabalhado muito buscando garantir os direitos do servidor público e enquanto estivermos representando tanto a categoria do Indea MT quanto do Intermat, faremos o possível para lhes garantir o que lhes é de direito”, disse Rosimeire.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • analista social | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 11h01
    0
    0

    TODOS OS BANCOS ESTÃO ROLANDO DÍVIDAS, INCLUSIVE A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, QUE É UM BANCO ESTATAL. O PRÓPRIO FEBRABAN JÁ EMITIU NOTA COM TAL OBJETIVO. ENFIM, É OBRIGAÇÃO ESSES BANCOS QUE FAZEM CONSIGNADOS CONGELAREM AS PARCELAS ATÉ QUE A VOLTEMOS A NORMALIDADE. SERVIDOR PÚBLICO É UM SER HUMANO COMUM, TEM FAMILIA E TEM OUTROS GASTOS PRIORITÁRIOS. E PAGAR DÍVIDA ENQUANTO PASSA FOME NÃO PODE SER PRIORIDADE DE NINGUÉM NORMAL.

  • dimaslima | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 10h51
    1
    0

    É por esta e por outras que os sindicatos, quase todos de esquerda, vem perdendo a sua credibilidade,e ainda por cima imputam ao servidor publico a fama de aproveitador. Ainda não há nenhum prejuízo ao servidor, mas haverá, todos darão sua parte de contribuição nesta fase, poderá haver atrasos, poderá haver inclusive corte de salários, mas nada comparável aos demais, o desemprego deve ser assustador daqui a alguns meses, alguns que trabalham por dia já não conseguem pagar conta alguma, até de comida, empresarios quebrarão, e dar calote não é solução. Sou servidor, pago minhas contas, e só deixarei de pagar se me demitirem, quase impossível, ou se vier a atrasar salários por muito tempo, o que tambem não acredito, principalmente aqui em Mato Grosso. Exigir isto agora é oportunismo. Quem pode tem que pagar sim suas contas; quem pode tem que continuar pagando os salarios dos trabalhadores mesmo que estes não estejam trabalhando por causa do isolamento; quem póde tem que continuar pagando os impostos, porque sem eles os serviços, inclusive de saúde, param e aí a situação se agravam. Vamos deixar de oportunismo e de politicagem, nunca passamos o que estamos pra passar, nunca tivemos guerra neste país, o que de ruim aconteceu aqui foi por nossa culpa, fomos nós que elegemos durante anos picaretas, desta vez é diferente, o inimigo precisa de todos juntos pra combater. A coisa é grave, se o vírus não nos matar, teremos muito o que trabalhar para reconstruir tudo...

  • José Eduardo da Silva penha | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 09h07
    4
    1

    Matéria tendenciosa. Sou servidor e quero pagar minhas contas normalmente

  • Joao | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 09h00
    2
    0

    Tudo tem que colocar o servidor no meio. Eu tenho consignado e quero continuar pagando. Lembem de coisas boas do servidor e servidor esta trabalhando e na linha de frente do corona virus e não esta recluso....Medicos, enfermeiros, recepcionistas, policiais, bombeiros, engenheiros colaborando em construções de hospitais, fiscais de rodovias fiscalizando cargas de produção que não para para trazer nossos alimentos, agentes prisionais cuidando das nossas cadeias, pessoal que cuida da limpeza do lixo e muitos outros. Tenham respeito pelos servido publicos. Chega de massace

  • joana | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 08h37
    1
    1

    Servidora.... lembrando que muitos nem concurso fizeram e outros fizeram "aqueles" com carta marcada

  • joana | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 08h35
    4
    1

    se o salario for depositado integral não tem porque não pagar o emprestimo

  • Daniel | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 08h10
    3
    1

    senhora Servidora, eu também sou servidor público, logo não sou frustrado e muito menos moro em mansão. Mas não concordo. Os salários não foram alterados, temos que aprender a ser controlados e não esperar que os outros façam para nós.

  • Ramis | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 06h24
    1
    0

    Para Leocadio e a interjeiçao Uai ( nem o nome o sem vegonha coloca) pobres de direta. Os bancos alem de ter um seguro dos debitos, podem muito bem rolar as parcelas la pra frente , para esses dois frustrados que citei vao a PQP!!!

  • CIDADÃO DE OLHO.. | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 05h41
    2
    0

    EITA MAURO MENTES SOLTOU VERBAS PARA O TCE TJ MP DINHEIRO PUBLICO ENGORDOU OS SALARIOS DOS MARAJAS AGORA A COMEÇAR A CHORADEIRA QUE NÃO TEM DINHEIRO KKK E QUEM VAI SE LASCAR COMO SEMPRE O EXECUTIVO ACORDA POVO MAURO MENTES NUNCA MAIS ..

  • Servidora | Domingo, 29 de Março de 2020, 23h09
    16
    5

    Pelos comentários deve ser frustrados que nunca passaram em concurso pois BANQUEIROS não teriam o porque tecer qq comentários pois estão isolados em suas mansões

  • Jader | Domingo, 29 de Março de 2020, 22h36
    16
    2

    Notícia tendenciosa. Se cortar o salário não tem como pagar dívida. Qual é mais importante, uma família se alimentando ou Banco ganhando dinheiro? Pois é, qual a cota sacrifício dos Bancos?

  • Jader | Domingo, 29 de Março de 2020, 22h35
    15
    2

    Notícia tendenciosa. Se cortar o salário não tem como pagar dívida. Qual é mais importante, uma família se alimentando ou Banco ganhando dinheiro? Pois é, qual a cota sacrifício dos Bancos?

  • SERVIDORES | Domingo, 29 de Março de 2020, 22h11
    15
    2

    E simplesmente uma PAUSA DE 3 OU 4 MÊS

  • leocadio | Domingo, 29 de Março de 2020, 21h11
    15
    32

    O salário nem atrasou ainda e a galera já quer dar o tombo nos bancos! O raça!

  • Uai | Domingo, 29 de Março de 2020, 20h06
    15
    25

    Como assim? Quais os motivos? O salário de vocês não mudou, uai. Tem que pagar sim!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS