23 de Julho de 2019,

Cidades

A | A

Quinta-Feira, 20 de Março de 2014, 13h:36 | Atualizado:

PRECONCEITO NA UNIC

Professora é acusada de ofender alunos bolsistas na Unic


Da Redação

unic2.jpg

 

Estudantes do curso de Enfermagem da Universidade de Cuiabá (Unic) acusaram a coordenadora do curso, Adriane Santana, de agir de maneira preconceituosa com estudantes que pagam as  mensalidades com o programa de Financiamento Estudantil (FIES), da Caixa Econômica Federal. O caso ocorreu na manhã desta quarta-feira.

De acordo com o aluno e membro do Diretório Estudantil da Unic, Vinicius Freitas, a coordenadora Adrianne Santana destratou os alunos dizendo que eles não poderiam demonstrar insatisfação com o decorrer do curso, pois eles "não pagam a universidade e só estão estudando graças aos impostos que ela paga”. O estudante enviou à reitoria da faculdade uma nota de repúdio informando a situação e exigiu que a instituição de ensino se desculpe com os alunos do curso.

Além disso, ele solicitou que a Unic reveja o quadro de profissionais. Até o momento a reitoria não se pronunciou sobre o assunto.

Criado, em 1999, o Programa de Financiamento Estudantil – FIES - permite que estudantes sem condições de arcar com os custos de sua formação em faculdades particulares, possam alcançar o tão desejado diploma de Ensino Superior.  Atualmente há mais de 560 mil estudantes beneficiados e 1.459 instituições de Ensino Superior credenciadas.

O pagamento do financiamento ocorre algum tempo depois do curso concluído.

VEJA A ÍNTEGRA DA NOTA:

NOTA DE REPÚDIO

TARDE! (LEIAM, CURTAM E COMPARTILHE).

Hoje (19/03/2014) por volta das 09h a coordenadora do curso de Enfermagem ADRIANNE SANTANA entrou em uma das salas do referido curso, e destratou alguns alunos que pagam o curso com o FIES (Financiamento Estudantil), depois que acadêmicos do curso lhe fizeram alguns questionamentos sobre algumas irregularidade no sistema da Universidade (Portal do Aluno) onde a mesma foi muito infeliz em tua afirmação, perguntado-o para o aluno se ele pagava o curso com o Financiamento Estudantil e caso era está a forma de pagamento ele não teria o porque reclamar até porque se é assim quem realmente está pagando para os mesmos estudarem seria ela por pagar seus impostos mensais e anuais. Que absurdo! 

Agora, eu, Vínicius Freitas (Coordenador do Diretório Estudantil – DCE/UNIC) também aluno beneficiado com o FIES pergunto a todos, SÓ EXISTE essa coordenadora pagante de seus impostos? A resposta é óbvia.

Se pensarmos dessa forma, um tanto quanto burra, todo mundo é dono das casas do Minha Casa, Minha Vida... A gente pode ir na Caixa pegar o quanto quiser, podemos levar os moveis do Banco do Brasil pra casa e até mesmo abastecer sem pagar pela gasolina da Petrobrás... Afinal, são todas empresas públicas. Certo? 

Dessa forma, quero falar que está muito enganada minha cara COORDENADORA assim como à senhora paga impostos, meus pais pagam impostos, meus avós pagam impostos, meus tios (as) pagam impostos, funcionários de todo o grupo KROTON pagam impostos, EU por morar sozinho e trabalhador pago meus impostos.

Deu para percebe que à senhora não é a única exclusivamente pagante de impostos em nosso querido País.

Com isso, alguns alunos beneficiados pelo FIES se levantaram e saíram da sala (que com certeza perderam conteúdos importantes da aula de hoje), pois se são dependentes dessa ajuda garantida pelo governo Brasileiro. 

AGORA NÃO PODEM RECLAMAR ir à luta por seus direitos reconhecidos e garantidos quando assinam o contrato da instituição financeira...ops... instituição de ensino (como alguns preferirem), quero deixar meus sentimentos de solidariedade para alunos que se sentiram de alguma forma ofendido e também meu ato de REPÚDIO para Universidade de Cuiabá e esta Coordenadora Educacional, pois acredito que hoje ela deve estar com algum problema particular para tratar futuros colegas de trabalho desta forma, não que isso seja justificativa para um ato desse minha senhora palavras ditas não voltam mais e tenho certeza que hoje naquela sala de aluna a senhora perdeu uma grande parte de respeito destes alunos. E assim espero que a Universidade tenha uma postural integra e e por algum meio se desculpem com seus acadêmicos do curso de ENFERMAGEM.

Por fim, quero pedir a Unic que avalie melhor os profissionais que dirigir os cursos da IES. É inadmissível esse tipo de pensamento na acadêmia, lugar responsável pelas grandes transformações do país.

Atenciosamente, 

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • lucy | Quinta-Feira, 09 de Julho de 2015, 20h16
    0
    0

    tb faço este curso e realmente esta coordenadora não nos ajuda em nada ...precisei varias vezes e preciso ela nunca sabe de nada...e não atende os alunos....estou decepcionada ...e um descaso total.

  • sueli | Quarta-Feira, 04 de Março de 2015, 11h11
    0
    0

    Realmente é um absurdo sou acadêmica da unic de sorriso e realmente esse portal ta uma porcaria,e como reclamar?

  • Rosicler estudante do curso de gastronom | Sábado, 06 de Setembro de 2014, 06h38
    2
    0

    Lendo essa reportagem fico a pensar se fizeram isso com quem estuda pelo Fies imaginem o que poderiam fazer com quem estuda pelo Prouni. A instituição tem que tomar uma posição para que nao venha perder a sua credibilidade.

  • kely chagas | Terça-Feira, 26 de Agosto de 2014, 08h37
    2
    0

    com coisa q e so ela q paga impostos ......... Os pais deles alunos tbm pagam impostos então ela não tem q fc desfazendo de nenhum dos alunos q estudam pelo FIES.......

  • Priscila Fraga | Sexta-Feira, 25 de Julho de 2014, 10h04
    3
    0

    Olá bom dia,sou Priscila Fraga aluna do curso de DIREITO ao ver este me revoltei e junto uma enorme decepção,saiba caro colega que este descaso são praticamente com todos nós pagantes do FIES, pois a quem realmente devemos nós ALUNOS DO FIES como somos referidos, é para o GOVERNO, a instituição tem que CAPACITAR melhor seus FUNCIONÁRIOS e não permitir tamanho descaso como de fato ocorrido.

  • Regiane | Quarta-Feira, 04 de Junho de 2014, 14h15
    1
    0

    è mais fácil achar a Presidenta Dilma do Adriane na Unic

  • Adriana | Terça-Feira, 20 de Maio de 2014, 23h18
    0
    0

    Nossa hoje que Eu vi esta reportagem.... que absurdo, até parece que alguém Estuda lá de graça, e outra independentemente de como paga, todos tem direito de perguntas e respostas... ADRIANE foi infeliz neste comentário...

  • Ana Claudia | Domingo, 06 de Abril de 2014, 08h36
    0
    0

    Estou chocada com esse caso! Pois uma coordenadora de curso, que deveria dar exemplo de conhecimento, respeito mútuo, e preocupação com o próximo! Demostrou desconhecimento total, ao falar que a faculdade dos alunos bolsistas do FIES são pagas pelos impostos, pois o FIES nada mais é, que um financiamento, onde a instituição recebe do banco, contratado pelo aluno(banco do Brasil/ caixa econômica). Pensando da mesma forma que a citada coordenadora, teríamos direito a muitos móveis, imoveis e até automóveis, da maioria dos Brasileiros, e indo mais além, quem financia um bem, não teria qualquer direito sobre o mesmo, por se tratar de financiamento. A atitude dessa coordenadora, nem condiz com a instituição, pois a mesma faz de tudo para que mais e mais alunos escolham estudar na UNIC, Quando passamos no vestibular eles nos ligam, se dissemos não ter condições de pagar, eles oferecem as opções de financiamento e bolsas, e até oferece uma assistência nesse processo. Espero que essa atitude da referida coordenadora seja exemplarmente punida pela instituição, pois a sensação que ás vezes tenho é, que há um grande interesse de matricular os alunos, independente da forma de pagamento, (pois a UNIC recebe pelos alunos financiados) e depois os alunos ficam totalmente sem assistência, ou seja, não conseguem acesso ao portal, ficando assim com várias implicações, sem fazer as matérias online, sem rever exercícios, sem acesso a serviços como atestado de frequência pra fazer cartão de estudante, entre outros. É extremamente perigoso disseminar discriminação em um local como esse, pois pode facilmente se espalhar, os discriminadores podem se sentir apoiados pela instituição, e dessa forma a sociedade estaria gestando discriminadores com curso superior. Aguardo resolução desse caso!

  • LORRAINY | Quarta-Feira, 02 de Abril de 2014, 09h58
    3
    0

    CONCORDO COMO ATO DESSE ALUNO QUE FOI OFENDIDO,POIS DEVEMOS LUTAR A FAVOR DOS NOSSOS DIREITOS , E NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE ELA FAZ ISSO!!! ELA MERECE NO MINIMO UMA SUSPENSÃO PRA PODER REVER SEUS ATOS.

  • GISLENE LUZ | Quarta-Feira, 02 de Abril de 2014, 09h09
    1
    6

    sou estudante de enfermagem e porem nunca fui ofendida pela coordenadora do curso porem tenho uma organização com o meu financiamento com o fies.conselho se fosse bom ninguem dava vendia.por isso vai uma dica para o próximo semestre......nunca deixe para a ultima hora para fazer o seu aditamento.........dependendo de seu banco não espere a sua conta do juro chegar em casa,assim voces nao vao ter poblemas com o portal e nem com a lista de chamada.ok E VAMOS ESTUDAR E PARAR DE FALAR MAL DA NOSSA INSTITUIÇAO POIS ISSO FAZ MAL PARA NOS MESMO E SINTO MUITO PELO OCORRIDO FELICIDADES A TODOS

  • Delsimar Snatana | Terça-Feira, 01 de Abril de 2014, 18h04
    1
    8

    Boa noite. Sou acadêmico da UNIC, Curso de Enfermagem. Respeitando o direito de resposta e opinião, porem discordo com citado. Hoje curso o 4º Semestre de enfermagem e realizado, pois tenho assistência quando necessito. O que dizer! Quando estaremos sanados as nossas necessidades?! Segundo Abraham Maslow: O ser humano busca sempre melhorias para sua vida. Dessa forma, quando uma necessidade é suprida aparece outra em seu lugar; tais necessidades são representadas na pirâmide hierárquica. Quando as necessidades humanas não são supridas sobrevêm sentimentos de frustração, agressividade, nervosismo, insônia, desinteresse, passividade, baixa autoestima, pessimismo, resistência a novidades, insegurança e outros. Tais sentimentos negativos podem ser recompensados por outros tipos de realizações. Deixo meu apoio a Coord. Adriana Santana e insatisfação com o ocorrido, pois temos tantos outros métodos de correr atrás dos nossos direitos.

  • RODRIGO | Domingo, 23 de Março de 2014, 18h24
    5
    2

    CONCORDO EM GRAU, GÊNERO E NÚMERO COM O DEPOIMENTO DO ANTÔNIO. REALMENTE A UNIC NECESSITA DE RENOVAÇÃO. PREPOTÊNCIA, FALTA DE EDUCAÇÃO E AUSÊNCIA DE CONHECIMENTO ESTÁ IMPERANDO NA UNIC, LEMBREM-SE TÍTULOS NÃO SIGNIFICA QUE O PROFISSIONAL TEM PREPARO... TÊM ALGUNS MESTRES QUE FIZERAM MESTRADO EM BEIRA DE ESQUINA, FACULDADEZINHAS BARRELAS. HEHE HEHE TELECURSO. KKK KKK

  • Antônio | Sábado, 22 de Março de 2014, 23h55
    6
    0

    Sou Bacharel em Enfermagem, Enfermeiro desde 2009, cursei Enfermagem na UNIC que até então possuia um \"Bom time de Professores\" e tinha um bom cnceito dentre as FACULDADES DE ENFERMAGEM. Nos últimos anos tenho tido péssimas informações a respeito do CURSO DE ENFERMAGEM DA UNIC. Que pena, pois uma Universidade como a UNIC deveria ZELAR pelo seu NOME. O CURSO DE ENFERMAGEM era respeitado e hoje passou a ser motivo de piadas em outras FACULDADES de ENFERMAGEM. Isso é um péssimo sinal, sinal que há necessidade de renovação, RENOVAÇÃO INSTITUCIONAL, RENOVAÇÃO DAS COORDENAÇÕES DAS DISCIPLINAS E PRINCIPALMENTE DO HOSPITAL GERAL, que vem sendo Gerenciada por um APADRINHADO da Sra. Adrianne Santana. Enfim, espero que os atuais acadêmicos ainda tenham tempo de gozar de momentos respeitáveis dentro da Instotuição e que os futuros acadêmicos não tenham que passar por experiências tão negativa, ainda mais, quando advindas de pessoas que deveriam prezar pelo respeito mútuo.

  • camila | Sábado, 22 de Março de 2014, 22h36
    2
    1

    Parabens alunos por denunciar este fato Preconceituoso pois nao e a primeira vez que tal pessoa usa de sua posição para para ofender as pessoas..

  • Eliana | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 16h24
    6
    1

    Certo o aluno, tem que requerer satisfações e desculpas, afinal faculdades privadas dependem dos alunos Prouni e Fies e não há demérito nenhum em usar programas do governo, que sim, são financiados pelos impostos. ainda bem que parte dos nossos impostos estão sendo bem empregados. Só acho que eles deveriam também pedir um professor de língua portuguesa.

  • Lú | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 11h18
    8
    0

    Isso acontece muito por parte dos professores também. Não tem respeito nenhum pelos alunos e mesmo assim tendem a cobrar respeito.

  • Gustavo | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 08h07
    18
    0

    Quando o aluno estuda pelo FIES não significa que a universidade não está recebendo. Pois está, a diferença é que quem esta pagando momentaneamente pelo aluno é o governo, e a questão é, a Universidade está sim sendo paga! paga pelo bolsista do FIES, porque não é de graça esse benefício, sendo assim todos os alunos beneficiados com o FIES tem total respaldo para cobrar melhorias, independente da forma como paga o curso.

  • Weliton Sousa | Quinta-Feira, 20 de Março de 2014, 18h28
    10
    0

    Ótima a resposta do acadêmico Vinícius Freitas. Ele prova que os jovens estão politizados e atentos. Outro ponto que destaco é que a Unic e qualquer outra entidade de educação privada adere ao FIES se quiserem e que recebem pelo trabalho prestado para os estudantes universitários. Nada é de graça, eles irão pagar pelo curso no futuro, mas a faculdade recebe da CEF todos os meses. Creio também que a reitoria e diretoria daquela instituição de ensino devam tomar medidas enérgicas com relação a esse caso.

  • Aluna | Quinta-Feira, 20 de Março de 2014, 17h08
    13
    2

    A Unic é uma péssima universidade. Isso vem desde a sua gestão (Evaldo Tadeu) até a maioria dos professores. O ensino é de pessima qualidade, a desorganização da univerdade é imensa, a carga horária de muitos cursos são baixas e o valor da mensalidade é altissimo. A PUC, por exemplo, possui valor da mensalidade menor que a Unic.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS