29 de Janeiro de 2020,

Cidades

A | A

Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 16h:53 | Atualizado:

MÁFIA LEGAL

Trabalhador arranca moto que era guinchada em Cuiabá; vídeos mostram aplausos

Confusão ocorreu na Rua 13 de Junho, no Cento da Capital


Da Redação

Reprodução

Homem moto guincho / Folhamax

 

Vídeo divulgados nas redes sociais e aplicativos de celulares na tarde desta terça-feira (14) mostram uma confusão envolvendo populares, agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana e funcionários da empresa Rodando Legal, responsável pelo guinchamento de carros irregulares em Cuiabá. As cenas foram registradas na Rua 13 de Junho, região central da Capital.

As imagens mostram uma multidão que se aglomera em torno de um caminhão guincho que está levando a moto de um rapaz. O proprietário do veículo se revolta com a apreensão e acaba subindo na carroceria onde a moto está colocada.

Ele arranca o veículo de lá ‘a força’. No local, os agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) ficam de longe apenas observando a ação do homem, que a todo custo tenta desprender o veículo de cima do caminhão.

No momento em que ele consegue desamarrar a moto, algumas pessoas o ajudam a descer a motocicleta. Na sequência, o dono da moto sai pilotando o veículo e as pessoas que acompanham o caso manifestam apoio ao rapaz e de revolta com a ação da empresa responsável por encaminhar carros e motos ao pátio da Secretaria de Mobilidade Urbana.

Caso a motocicleta fosse levada, o proprietário teria que pagar, além da multa por estacionamento ilegal, o valor de R$ 110 pela remoção do veículo e diária de R$ 49 pela "estadia" no pátio da Secretaria de Mobilidade Urbana.

OUTRO LADO

Por meio de nota, a Secretaria de Mobilidade Urbana explicou a situação e disse que será registrado boletim de ocorrência contra os rapazes que agrediram os agentes e o funcionário do guincho.

Veja a íntegra da nota:

A respeito da situação de violência registrada no início da tarde desta terça-feira (14) Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que:

- Os agentes de trânsito e o funcionário da empresa responsável pelo guincho atuaram em conformidade com as suas funções e com suas atribuições legais.

- As motocicletas removidas estavam estacionadas sobre a calçada, infração considerada grave.

- A irregularidade impede o fluxo de pedestres pelas calçadas, colocando-os em risco.

- A Secretaria e o profissional que foi vítima de agressão registrarão boletins de ocorrência junto à Polícia Militar (PM).

- Os envolvidos devem responder pelos crimes de vandalismo e agressão. 

- As imagens feitas pelos cidadãos que testemunharam as agressões serão repassadas às autoridades e o crime será investigado pela Polícia Civil.

 

 

 

 

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (47)

  • mcb | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 22h54
    0
    0

    "Cal" seja o que for nesse caso eu vejo como coação total do orgão de transito que como eu disse não passa de mero sistema arrecadatorio e não de conscientização

  • Cal | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 21h52
    1
    0

    O "Trabalhador" não tem CNH e possui diversas passagens pela polícia ....

  • mcb | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 19h46
    1
    3

    Por mais que seja feio a atitude do rapaz, não o julgo como errado porque falta bom senso pra esses amarelinhos e guinchos na cidade, imagina o custo que é para o cidadão trabalhador ter que tirar a sua moto do patio da Semob com uma taxa inacreditável de 50 reais por dia, bastava liberar a moto e terminava o assunto, a multa por estacionar em lugar irregular já estava feita, mas a ganancia para arrecadar é impressionante, isso gera apenas revolta da população cansada de ser coagida pelo governo essas atitudes mostram que o orgãos de transito estão mais preucupados na arrecadação do que na conscientização.

  • Washington | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 10h20
    11
    5

    Cuiabá, cidade que o posto é culpado por ser mijado pelo cachorro. E a sociedade aplaude o cachorro. Depois se acontecesse algum atropelamento de pessoas/crianças a culpa é do motorista que anda pela pista e pessoas fora da calçada.

  • Dora Avent. | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 09h39
    19
    12

    Ah gente, pelo amor né?! Os cometários daqui, estão a favor do agressor? Justificando o injustificável? Você sabem o que são leis? A lei não depende do outro para ser seguida não. Tá irregular? Então arque com as consequências! Se não tem condições de pagar os impostos de ter uma moto/carro/avião/ônibus/trem... Não os tenha!!

  • Rogério | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 09h36
    18
    9

    O pior de tudo nesta situação é o motoqueiro achar que está certo. A caneta tem de engrossar, porque ele cometeu vários crimes.

  • Dora Avent. | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 09h33
    20
    13

    E esse povo gritando ai? Bando de va.bundos, igual o dono da moto. Se tá errado, tem que se lascá mesmo. Agora o bonitão vai ficar sem moto e vai responder criminalmente! HAHA BEM FEITO!

  • valdiley | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h59
    20
    7

    O que é pior, assistir o apresentador do programa resumo do dia dizer que a culpa é dos amarelinhos que ficam multando, induzindo a população a descumprir leis, sem falar que foi um legislador na assembléia, prefeito da capital, deveria se envergonhar te fazer tais comentários. Como homem público perdeu a oportunidade de ficar calado para não falar besteira no programa do dia 14/01/2020.

  • Pedestre | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h43
    16
    10

    Os que aplaudem o "trabalhador" retirar a moto do guincho, são os mesmos que reclamam que tem moto estacionada na calçada atrapalhando o pedestre

  • Carlos cuiabano | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h39
    10
    11

    Máfia dos guinchos junto com amarelinho o guincho cobra 150.00 por moto sendo que o frete aqui na rua é 120 a 140 pra quem vai a diferença? Amarelinho ganha comissão por cada multa aplicada mas o cara do pátio quê deve ser mesmo do guincho cobra diária tbm isso deve ser parente do prefeito com certeza cara trabalhando só tem a moto para levar o sustento pra dentro de casa vem um FDP desses fszer isso tinha que ter fechado de motoqueiros em volta desses FDP e fechar o centro quero ver

  • observo | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h32
    11
    1

    Passei pela Politec hoje de manha o guincho o motorista e mais algumas pessoas estavam la ... provavelmente fazendo a pericia.....

  • moreira | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h17
    8
    6

    Enquanto isso o Prefeito Emanuel Paletó, que foi pego colocando maços de dinheiro no bolso, segue impune. Que autoridade moral a prefeitura tem para com a população???

  • D.O.A | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 08h11
    10
    7

    isso e a indignação de pagar absurdos de imposto e não ver retorno, ruas esburacadas, saude precária é a revolta do povo que com dificuldade adquiri um meio de condução, paga um monte de taxas sem retorno nenhum e depois vem o estado/município levar seu único bem,, chega de impostos abusivos.

  • joenes pica pau | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 07h43
    13
    6

    Trabalhador porra nenhuma, safado que vive empinando moto nos semáforos, não paga ipva, coloca o sistema de transito em risco, bem como a vida de inumeras pessoas, essa raça infame tem que ser banida das ruas.

  • Marcelo | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 07h16
    12
    6

    A sociedade está cansada de ser cobrada a cumprir leis e de ver quem cobra, descumprir as mesmas leis. Infelizmente vamos chegar ao ponto em q isso vai acabar em morte. Amarelinhos se acham super poderosos para fazer os pobres cumprirem lei, mas eles mesmos são flagrados descumprindo. Eles não exigem q autoridades e ricos cumpram da mesma forma. Então, infelizmente, o povo já cansado disso parte pra cima, e como eu já disse, logo veremos vidas sendo ceifadas por causa desses tratamentos desiguais. E quem vai pagar o pato, o servidor com a vida e o pobre com a sua liberdade.

  • Ligia Mendes | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 07h14
    9
    8

    É triste ver como os padrões estão invertidos. O cara estaciona em cima da calçada, infração grave, e é aplaudido ao usar de violência para tomar a moto que havia sido apreendida em cumprimento da lei. Estamos caminhando para uma bagunça sem fim. Medo dos próximos tempos.

  • Rafael Oliveira | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 05h57
    6
    8

    Bando de marginais, queria que fosse a Polícia Civil ou militar , pois aí o pau ia cantar no lombo destes safados. Esse sociedade é simplesmente ridícula.

  • Luiz | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 04h50
    9
    7

    Se isso fosse num País sério, esse motoqueiro infrator teria sido preso na hora. E o que mais me indigna e ver a população que pede o cumprimento das leis, justiça e honestidade dos governantes todos os dias, aplaudir um ato desse. Que absurdo.

  • Mendonça | Quarta-Feira, 15 de Janeiro de 2020, 03h05
    8
    7

    JOÃO PEDRO, ESTOU CONTIGO POIS EU TAMBÉM SOU "TRABALHADOR" ANDO COM MEUS COMPROMISSOS TODOS EM DIAS E NEM POR ISSO VENHO CONTRARIAR AS LEIS, JÁ LEVEI MULTA POR ESTAR ERRADO NEM POR ISSO FUI ESPANCAR AMARELINHO COMO ESSES COVARDES QUE ESTÃO ERRADOS E NÃO CONCORDA COM SEUS ERROS, PORQUE NÃO VÃO TOMAR SATISFAÇÃO COM QUEM FAZEM AS LEIS.

  • Marcelo | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 23h56
    29
    14

    A sociedade está cansada de ser cobrada a cumprir leis e de ver quem cobra, descumprir as mesmas leis. Infelizmente vamos chegar ao ponto em q isso vai acabar em morte. Amarelinhos se acham super poderosos para fazer os pobres cumprirem lei, mas eles mesmos são flagrados descumprindo. Eles não exigem q autoridades e ricos cumpram da mesma forma. Então, infelizmente, o povo já cansado disso parte pra cima, e como eu já disse, logo veremos vidas sendo ceifadas por causa desses tratamentos desiguais. E quem vai pagar o pato, o servidor com a vida e o pobre com a sua liberdade.

  • eleitor cuiabano | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 23h09
    43
    8

    – As imagens feitas pelos cidadãos que testemunharam as agressões serão repassadas às autoridades e o crime será investigado pela Polícia Civil. nesse caso, as imagens tem valor legal... no caso do paletó, não tem valor legal... madeira que bate em Mané, não bate em Emanoel . . .

  • João Pedro | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 22h36
    31
    27

    Quer dizer que "trabalhador" pode descumprir as leis ? Garanto que esse cara estivesse estacionado na frente da garagem dessa sociedade o pensamento era outro. A SEMOB tem q registrar um boletim de ocorrência e a PJC identificar essas pessoa que participaram dessa agressão.

  • Marcelo silva | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 22h09
    23
    25

    Rapaz essa semob são todos vagabundos já presenciei amarelinho extorquindo pessoas quem tem que cuidar do transito é a polícia militar chega desses amarelinhos vagabundos só vão acabar com essa máfia o dia que esses ladrões de caneta na mão levar um tiro na cara

  • Marcelo silva | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 22h08
    22
    26

    Rapaz essa semob são todos vagabundos já presenciei amarelinho extorquindo pessoas quem tem que cuidar do transito é a polícia militar chega desses amarelinhos vagabundos só vão acabar com essa máfia o dia que esses ladrões de caneta na mão levar um tiro na cara

  • Vinicius de andrade | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 21h16
    30
    13

    Fato é... os dois tem sua razão... o amarelinho cumpre o que a lei exige e o dono da moto não acha isso justo, pelo valor, pela situação ou pela roubalheira que faz sobrar sempre para o mais fraco... Existem leis, mas são justas? Quem aqui participou ou pelo menos foi perguntado se ela realmente atende nossa necessidade? Eu vejo que o sistema corrupto cria a cada dia situacoes semelhantes... isso é como a guerra, nunca é o general que vai para o campo de batalha... Eu sinceramente não diria ou acusaria nenhuma das partes... espero que o motoqueiro não seja punido, pq realmente é uma situação dificil...

  • Dejalma Macedo | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 20h12
    28
    22

    Essa empresa está faturando milhões presta um serviço de péssima qualidade um verdadeiro assalto na população. Vê esses guinchos tirando racha na Avenida Beira Rio todo dia com carro ou motos em cima. O condutor ou o proprietário do veículo estava no local, já tinha recebido a infração não tinha razão de guinchar a moto só para faturar. A população estava presente e apoiou o condutor porque viram o abuso e roubo que o município está praticando. A Semob já multa indiscriminadamente e guincha veículos em todo lugar. O povo está revoltado com esse roubo já não basta encher o paletó com dinheiro do povo. Ninguém sabe pra onde vai a fonte dessa arrecadação, todo dia chega mais guinchos para cometer esse abuso. Os motoristas dos guinchos só pode ganhar por veículos para ir para esse enfrentamento. Uma hora pode acontecer coisa pior. Deveria chamar a Polícia Militar.

  • cacau | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 20h12
    32
    20

    esse é o cuiabano qto pior, melhor, e assim segue... se não fazem reclamam se fazem reclamam, ninguém chega do nada colocando o carro ou a moto de alguém no guincho, e os agentes também tem família são pessoas do bem no exercício de sua profissão, temos de parar com essa cultura de hipócritas depois queremos cobrar dos outros condutas que nos mesmos não possuímos... que ridículo... vergonha alheia estou sentindo ... que desnecessário... esse rapaz precisa e passar um dias no xilindró refletindo em suas ações... só acho...

  • Gonçalo | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 20h10
    34
    13

    A sociedade nao está mais suportando a opressão, o estado e os municípios estão abusando, de tanto arrancar de nós cidadão para arrecadar mais na mais para bancar desperdício do dinheiro público. Corta as tetas dos gastos...TCE, TJ, ASSEMEIA muita regalia.

  • Fábio viana | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 20h05
    13
    24

    Direito à propriedade que o bolsonaro prega é só em terra de latifúndio e sem escritura??? Parabéns a rodos os envolvidos, compramos um bem e não podemos andar, pois temos que pagar o pedagio de um governo que nada faz a população! Onde já se viu, comprar, pagar por um bem que por causa de um imposto ter o bem aprendido! Tira-dentes foi morto por pessoas igual a esses aí que defende um estado maligno!

  • Lino silva | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 20h03
    14
    7

    Bandido bom é bandido morto..

  • CUIABANO MT | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h57
    38
    17

    "Lindo" a multidão aplaudindo, por isso que o Brasil vai ser considerado um país de "quinta", as pessoas estão acostumada a cometer vários delitos no trânsito, parar em local proibido, parar em fila dupla impedindo o fluxo de veículos causando congestionamento, andar em alta velocidade, não respeitar semáforo, faixa de pedestre, etc... sempre acha que ele é melhor que os outros e que suas prioridades estão acima de tudo e de todos. Se há irregularidades com a empresa, cabe a policia e ao poder judiciário agir (trabalhar) para coibir tais irregularidades, a população aplaudir a ação dessa pessoa que parou em local proibido, que causou vários transtornos para milhares de pessoas que circulam por aquele local, já é demais...

  • Alex | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h45
    19
    28

    (Semob). Sempre parado o trânsito atrapalhando a todos numa rua tão estreita como 13 junho kkkk. Eu acho que deveria multa o guincho por para em via pública.

  • Ze Antonio | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h42
    35
    13

    Fez besteira...tenho ctz que iria ficar mais barato se ele tivesse deixado levar....as muktas serão muito maiores...desobediência...recusar a cumprir determinação...e por ai vai..

  • Mario | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h30
    31
    9

    Máfia legal? Esse jornal não deveria explicar por que utilizou esse título? Título tendencioso à favor da "Máfia dos infratores"?

  • Diego paranhos | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h23
    40
    8

    Leis foram feitas para organizar uma sociedade, se é proibido estacionar em um determinado local, tem que ser guinchado mesmo... Se for assim eu também posso ter o direito de estacionar em qualquer lugar, estacionar na frente da garagem da casa de qualquer um... Só me soa estranho um povo que clama pelo fim da corrupção vim enaltecer pessoas que estão provocando atos notadamente ilegais. Os amarelinhos e os funcionários do guincho só estão exercendo seu papel... um papelo com respaldo legal...

  • Trabalhador | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h10
    24
    28

    Prefeito , essa turma dos amarelinhos e guincho vão atrapalhar sua eleição

  • Cidadã decepcionada | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h09
    34
    18

    Que total desrespeito com as autoridades de trânsito! Infelizmente vivemos em um mundo de pessoas que não sabem mais o significado da palavra Respeito! Respeito as leis, respeito aos mais velhos, respeito aos professores, respeito a autoridade, respeito as pessoas. A Polícia tem que punir esse, para dar exemplo aos demais! Ja pensou em uma bagunça dessa diariamente? Graças a Deus não houve coisa pior!

  • Comentarista de rede social | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 19h06
    35
    18

    Por isso o Brasil não vai pra frente. Só a ilegalidade dos outros é que deve ser punida. Garanto que essa mesma sociedade que aplaudiu o ao ilegal do rapaz é a mesma que reclama da corrupção.

  • 3 mundo SEMPRE | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 18h33
    35
    12

    O mais triste é observar como a sociedade é hipócrita,apoiando o errado,mais quando ela se depara com veículo estacionado na calçada diz q o poder público não faz nada,porque esses metidos a brabo não vão e tomam o veículo quando é a polícia militar,infelizmente esse país Brasil não tem jeito.

  • Lucas Luzetti | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 18h09
    25
    54

    Já passou da hora de dar porte de arma para os amarelinhos. Aí talvez os infratores passem a respeitar as regras.

  • Totonho | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 18h02
    31
    54

    Tinham que ter taxado fogo nesse guincho

  • O Povo tem voz! | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 17h54
    33
    49

    Parabens ao dono da moto! Chega de sermos enganados! chega de abusos!!!! E que essa mafia aprenda que aqui é mato grosso e não terra de ze ninguem! se levarem 10 motos numa viajem só, vao cobrar 110 por moto????? porque o valor não seria rateado entre todos ja que seria uma viagem unica???? basta! queremos paz!!!!!

  • Danilo Henrique Lobato | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 17h41
    43
    32

    O código nacional de trânsito é claro. Se o dono do veículo está presente para corrigir a infração, ele corrige, aplica-se a multa e só. Abuso desses agentes de trânsito nessa cidade está cada vez pior.

  • Discípulo | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 17h38
    59
    16

    Por que a reportagem se refere ao infrator como "trabalhador" sem ao menos identificar o condutor que resistiu ao cumprimento de medida administrativa legalmente prevista desde 1997? E ser trabalhador te dá o privilégio de descumprir a legislação impunemente? Acho que esse veículo de comunicação deve ponderar sobre seu papel de formação da opinião pública através da informação de qualidade, ouvindo os dois lados envolvidos antes de induzir juízo de valor sobre as condutas tanto do infrator, quanto dos agentes públicos envolvidos.

  • Amanda Duarte | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 17h31
    41
    24

    É uma Máfia mesmo. Preços extorsivos. Não visa a educação no trânsito, mas o enriquecimento. E o Cidadão que foi preso depois de comprar uma motocicleta no Leilão da SEMOB??? Ministério Público cadê você para abrir essa "caixa-preta"???

  • Senhor | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 17h20
    66
    21

    Esse cara que ficou "revoltado" por ter a moto guinchada em local irregular, é o mesmo que bate no seu carro e foge do local... o mesmo que quebra seu retrovisor e vai embora! Vergonha de pessoas que apoiam essas atitudes, que acham que corrupção é só roubar dinheiro público!

  • MARIA TAQUARA | Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 17h20
    36
    3

    por isso tenho trabalhado minha consciência para não ser influenciada pelos caminhos trilhados pela sociedade, só dor de cabeça!

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS