10 de Dezembro de 2019,

Economia

A | A

Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 09h:34 | Atualizado:

FRUSTRAÇÃO NO MUTIRÃO

Estado arrecada R$ 60 milhões à vista e terá dificuldades para pagar 13º e dezembro

Expectativa era de que se entrasse R$ 150 de imediato nos cofres públicos

MUTIRAO.jpg

 

O resultado do Mutirão Fiscal, realizado pelo Governo de Mato Grosso, durante o mês de novembro, frustrou a previsão de arrecadação. De acordo com os dados oficiais, o valor arrecadado pelo Estado deveria ter sido de R$ 150 milhões, com o pagamento da primeira parcela ou quitação do valor à vista, e ficou em R$ 59,82 milhões.

Durante o mutirão, foram negociados pouco mais de 90 mil acordos com os contribuintes. Os processos negociados eram no valor bruto de R$ 190,2 milhões, ou seja, sem a aplicação do desconto e redução de juros previstos em lei.

Com os descontos, o valor caiu para R$ 104,7 milhões. Essa quantia foi dividida em várias parcelas, em alguns casos, em até 60 meses. 

Entre quitações à vista e primeira parcela, no mês de novembro foram arrecadados, tanto pela PGE quanto pela Sefaz (Secretaria de Fazenda), a quantia de R$ 59,82 milhões, incluídos valores do Procon, Detran e Indea. Embora o Mutirão Fiscal Fecha Acordo, promovido pelo Governo do Estado em parceria com o Tribunal de Justiça, tenha se encerrado na última sexta-feira (29.11), na Arena Pantanal, os descontos, de até 75%, em juros e multas, continuam até o dia 30 de dezembro. 

Para os débitos em dívida ativa, os contribuintes interessados em negociar devem procurar a PGE (Procuradoria Geral do Estado), enquanto os outros débitos vencidos até 2016 devem ser negociados em seu local de origem (Secretaria Fazenda, Ager, Detran, Indea e Procon). Para os devedores do Detran, já inscritos em dívida ativa, a PGE montou três guichês exclusivos para eles – um apenas para emissão de guia e documento do veículo e dois para parcelamento por meio do cartão de crédito. 

Os débitos tributários (ICMS, IPVA, ITCD, entre outros), inscritos ou não na dívida ativa, podem ser negociados por meio do Refis. Já as dívidas oriundas de multas e taxas do Detran, Sema, Indea, Procon e Ager são renegociadas por meio do Regularize.

Durante a negociação, o contribuinte deve estar de posse de seus documentos de identificação. Se pessoa física: RG ou CPF ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Se pessoa jurídica: contrato social ou última alteração contratual. Caso não seja o responsável legal, é preciso procuração.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • JoãoP | Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 11h42
    0
    0

    Teve o ano todo para se programar financeiramente e agora a desculpa será essa??? Por favor, né, governo? Deixe de usar o servidor público de bode expiatório!!!

  • Rafael | Quarta-Feira, 04 de Dezembro de 2019, 01h08
    0
    0

    Resumindo: governo incompetente...

  • Maria Joana | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 18h52
    5
    1

    Vou aproveitar que sou jovem e bonita e vou começar a me prostituir que nem algumas estagiárias e demais outras com cargo comissionado aqui na AL e no palácio do governo que eu conheço! Espertas são elas!!

  • claudia | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 15h16
    14
    0

    Por favor E CADE AS DESGRAÇA DAS NOSSAS PROGRESSÕES???? Ja não basta tirarem nosso decimo agora querem tirar ate nossos direitos adquiridos!!!!! ISSO É UM DESCALABRO, UM ABUSO DE PODER CONTRA NOS SERVIDORES. Estou dese junho com MEU DIREITO DE PROGRESSÃO adquirido e até agora nada de PUBLICAREM!!!!! Estou indignada!!!!

  • joao | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 14h22
    16
    0

    GREVE GERAL JÁÁÁÁÁ!!!!

  • fala o que pensa | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 14h16
    11
    0

    senhor governador Mauro Mendes deixa de ser inocente em esperar receber dos tubarões e barões do agronegocio e das grandes empresas, eles não tem do nem piedade do Estado, querem tirar o último vintém sem ter que doar uma.moeda. executa as dívidas trancando tudo o que o senhor pode que o senhor recebe, cadê os 500 milhões da energia? cadê o 1 bilhão do fex ? cadê os 400 milhões do petróleo? os ricos não tem piedade e.nem bom censo com o senhor......

  • Luiza mel de cana | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 13h41
    7
    4

    Ai ai, só chororô nos comentários, meteram o pau no Pedro tx elegeram o poste da esposa e estão querendo o quê?

  • MCB | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h48
    23
    0

    Esse governo pensa que a gente é bobo?. Poucos são os que tem condições de pagar o valor a vista, se o governo usar essa desculpa para não pagar o nosso décimo é uma canalhice sem tamanho.

  • Teka Almeida | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h35
    24
    1

    Toda a equipe, desde o governador Mauro MENTE, o governo FAKE NEWS e todo o seu secretariado poderiam fazer um estágio em Primavera do Leste que a pouco tempo provou ser sucesso em gestão. Oh!!! Povo INCOMPETENTE, INOPERANTE E DESCARTÁVEL. Governo de um mandato só, faltam 3 anos passa rápido.

  • MCB | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h26
    24
    0

    Não aguento mais esse terrorismo, nós servidores públicos do executivo não podemos mais aceitar essa situação,enquanto os servidores do judiciário e legislativo trabalham com os seu salários em dia e RGA, os servidores do executivos viraram bode expiatório para todos os problemas desse desgoverno, que nos trata sempre com desdém como se tivesse fazendo um favor para nós. trabalhamos e merecemos nosso 13º

  • Feirante do porto | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h18
    25
    0

    É impressionante como esse governo gosta de provocar os servidor deles. Deviam entrar tudo em greve logo.

  • Servidora Indignada | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h16
    21
    0

    Ah não meu Jesus... De novo esse terrorismo desse governo fdp com a gente???? Pra pqp!

  • Leitor | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 12h08
    28
    0

    Quantos bilhões de isenções fiscais da exportação da soja e milho? Alguém sabe? “Meia dúzia”de pessoas usam o solo, água, ar do Mato Grosso, faz fortuna, é beneficiado pela lei kandir e o estado que se quebre. Quantos milhões de reais de isenções fiscais de agrotóxicos?

  • RENATA | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 11h09
    27
    0

    NÃO TEM CAPACIDADE, PEDE PARA SAIR. É POR ISSO QUE A EMPRESAS DE MM ESTAVAM EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL. NÃO TEM CAPACIDADE DE GERIR UMA EMPRESA, IMAGINA O ESTADO. ESTÃO TODOS FERRADOS

  • Armindo de Figueiredo Filho | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 11h03
    23
    0

    CLARO!!!CLARÍSSIMO . Essa "dificuldade de Caixa"""NÃO É DE HOJE!!!!!! Não planejaram, não cortaram os GASTOS NECESSÁRIOS (D E S P E S A S) Essas Explicações relatadas na matéria, NÃO CONVENCEM NINGUÉM!!!!!! Esse DESGOVERNO, não fez os seus deveres. Não vou me alongar.. Apenas um ALERTA, que foi dito pela mídia inteira de MT. Desde o inicio do mandato.., e até agora, não acharam o BENDITO ""EQUILÍBRIO FINANCEIRO"".. Isso, é de uma tremenda INCAPACIDADE. E Agora vem no final do ano FRUSTRAR e colocar PÂNICO a os servidores públicos, que há muito vem contando com esses PAGAMENTOS EM DIAS... Isso é imperdoável...... Passou o ano inteiro, contando com "REPASSES FEDERAIS"...O FEX, FPM, e agora o bendito PRE-SAL.... Vem o questionamento>>>>Essa receita do Mutirão, PORQUE Não FIZERAM Com antecedência???? (arrecadação PÍFIA). Agora, outro ABSURDO!!!! para honrar os compromissos salariais estava contando com o leilão do PRÉ -SAL??? E os empréstimos em DÓLAR (quase 1 BI)... q divida que o Estado tinha era em REAL... e a diferença??? Onde colocaram??? Isto sem contar com as RECEITAS CORRENTES FIXAS. Dá a impressão, que o governo passou BRINCANDO o ano todo. FIM DE PAPO.......

  • Sociedade | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h53
    34
    0

    Agora falando a verdade. Notícia em primeira mão: O governo já tem EM CAIXA o valor suficiente para pagar o 13°. Só não paga se não quiser.

  • O MATO FINO | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h51
    21
    0

    DESDE. O. SÉCULO. PASSDO.....TODOS. OS. EX. GOVERNDORES.....DIZIAM. A. MESMA. COISA....O. MATO. FINO. TA. FALIDO........HOJE. O. MAIOR EXPORDOR. DE. SOJA......ETC. E. TAL....O. ATUAL. GOVERNADOR. E. SUA. EQUIPE.....TENTA. INVENTA. OUTRA. LADINhA.....QUE. ORA. PRO. NOBIS..... NAO. DA. MAIS..... ATÉ. QUANDO. GEENTE..

  • Servidor | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h46
    28
    0

    PELO AMOR DE DEUS ESTE GOVERNO NÃO PARA DE TERRORISMO E CONFUNDE ATÉ NOS NUMEROS PARA ENGANAR A POPULAÇÃO RECENTEMENTE EU LI QUE E VI NOS NA TV DE QUE O GOVERNO JÁ TINHA ARRECADO 118 MILHOES NO MUTIRÃO DAS DIVIDAS AGORA VOLTOU A MENOS DE 60 MILHOES? E, MAIS O ESTADO JÁ ARRECADOU MAIS DE 30 BILHOES E ISTO É PUBLICO ESTA DIVULGADO NO IMPOSTOMETRO QUE FICA NA AVENIDA DO CPA. PORTANTO, TEM DINHEIRO PARA PAGAR O DECIMO TERCEIRO RIGOROSAMENTE EM DIA E OS SALARIOS DEVERIAM SER PAGOS NO DIA 30.

  • Teka Almeida | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h13
    23
    0

    Grande novidade!!!!! Não adianta, esse tipo de ação nada mais é que um incentivo a INADIMPLÊNCIA, tanto é que a prova está ai. Só pelo que se arrecadou significa que poucos procuraram para negociar. O governo deveria ter vergonha e cobrar os valores com multas e correções pelo menos em respeito aqueles que pagam em dias seus impostos.

  • Cuiabano | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h06
    30
    0

    Como que vai paga as coisas os funcionários publico esta sem o decimo sem RGA e sem aumentar ha 1 ano quero ve quem vai paga as coisas deixa la rolando a divida uai esse desgoverno é burro aff

  • PM da reserva | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 10h06
    32
    0

    Afinal, a matemática é ou não uma ciência exata??? Quando esse governo assumiu, deixou de pagar o décimo terceiro no mês de aniversario do funcionário. Esse dinheiro que não foi gasto mensalmete, segundo a matemática, teria que sobrar! Pra onde foi esse dinheiro ?!?!

  • Felipe Almeida | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 09h53
    32
    2

    Espero que os servidores públicos do executivo lembrem de como age esse governador na sua próxima eleição. Homem ardiloso, nojento, fica jogando na mídia esse seu joguinho mesquinho. Enquanto o estado não para de arrecadar, ele vem com essas matérias pagas, sempre colocando a população contra nós. E os outros poderes, de recesso coletivo, com 13º pago, salário pago no final do mês. Esse governo só saber fazer marketing do que não faz, mas acha que faz, são péssimos em gestão, logo o estado verás o péssimo gestor que é o Sr. MM. A prefeitura em sua época deixo um rombo na saúde e em restos a pagar e ninguém falava, só fez parque mal feito que com dois meses já estava precisando ser reformado. De todos os governadores pós Dante, só Blairo Maggi salva mesmo, esse sim entendia de gestão, revolucionou o estado, equipe de MM deve ter umas aulas com pessoal do Maggi, vcs são péssimo! gestão em licitação então, horrenda, péssimos!!! Vocês estão conseguindo fazer mais cagadas que a equipe do Pedrinho. Quem vive verá, aguardem...

  • hector | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 09h46
    35
    0

    Eta, essa continuação do governozinho taques com quase os mesmos incompetentes, afffff mudem o voto gente chega de petralhas, mdb, ptb, psol, bezerra, campos, affffffffffffffff

  • Paulo | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 09h45
    40
    0

    GOVERNINHO DE MERDA. SITE DE. BOSTA.

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS