Esporte Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 16h:45 | Atualizado:

Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 16h:45 | Atualizado:

Notícia

Hotel acusa defesa de Paolo Guerrero de suborno

 

O DIA

Compartilhar

WhatsApp Facebook google plus

O Hotel Swissotel acusou representantes de Paolo Guerrero de tentarem subornar um garçom para prestar falso testemunho no processo de doping ao qual o atacante foi submetido em 2017, que acabou resultando em seu afastamento dos gramados por um ano e meio.

Segundo a imprensa peruana, o contato com a testemunha foi feito por Valeria Arroyo Garcés de Garcia, esposa de um dos advogados do atleta. Em nota divulgada na última segunda-feira, o Swissotel afirmou que a defesa de Guerrero promove uma "campanha difamatória" contra o estabelecimento.

No início deste mês, a imprensa peruana havia revelado que funcionários e ex-colaboradores declararam em seu depoimento que houve falha do hotel no caso de doping de Guerrero. Eles ainda afirmaram que foram orientados a mentir em depoimento à Agência Mundial de Antidoping (Wada).





Postar um novo comentário





Comentários

Comente esta notícia






Copyright © 2018 Folhamax - Mais que Notícias, Fatos - Telefone: (65) 3028-6068 - Todos os direitos reservados.
Logo Trinix Internet