07 de Julho de 2020,

Artigos

Esporte

A | A

Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 22h:12 | Atualizado:

Justiça concede liminar a Neymar e suspende cobrança de R$ 88 milhões do Fisco

A Justiça Federal em Santos concedeu liminar ao atacante Neymar e suspendeu cobrança, feita pela União, de R$ 88.148.707,21. O valor é referente a uma multa aplicada pela Receita Federal por impostos supostamente devidos pelo jogador. À decisão, de 19 de maio, ainda cabe recurso.

Procurada, a assessoria de imprensa de Neymar informou que não vai comentar. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, que representa a União, ainda não respondeu à reportagem.

O Fisco havia apontado irregularidades em negócios do atleta e de sua família entre 2011 e 2013, incluindo aí a transferência de Neymar do Santos para o Barcelona, em negociação na qual a família, por meio de empresas, recebeu 40 milhões de euros.

Neymar foi autuado em R$ 188 milhões em 2015. A Receita defende que foram sonegados mais de R$ 60 milhões em tributos relacionados a esses contratos e aplicou multa de 150% sobre esse valor por entender que houve dolo.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS