19 de Fevereiro de 2020,

Política

A | A

Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 16h:22 | Atualizado:

VEREADOR NÃO É COISA

Taques recebe apoios e garante conclusão de obras inacabadas

Articulador dos apoios, prefeito de Cuiabá diz que grupo pode chegar a 18


Da Redação

taques-vereado.jpg

 

O senador Pedro Taques (PDT) apresentou nesta segunda-feira um grupo de 14 vereadores da capital do Estado que apoiam sua candidatura ao Governo do Estado. No mesmo evento, o prefeito de Paranatinga, Vilson Pires (PRP), e oito vereadores do município também declaram apoio ao senador.

Os vereadores que apóiam o senador na disputa ao Palácio Paiaguás são: Dilemário Alencar (PTB), Onofre Júnior (PSB), Faissal Calil (PSB), Domingos Sávio (SDD), Mário Nadaf (PV), Renivaldo Nascimento (PDT), Adilson Levante (PSB), Leonardo Oliveira (PTB), Adevair Cabral (PDT), Maurélio Ribeiro (PSDB), Ricardo Saad (PSDB), Haroldo Kuzai (SDD) e Oséas Machado (PSC).

Com a divulgação do apoio, Taques rebate a coligação “Viva Mato Grosso”, que chegou a afirmar que 17 parlamentares já estavam apoiando a candidatura do deputado José Riva (PSD) ao Governo. “Tem gente fazendo a contabilidade errada na imprensa”, ironizou o pedetista. 

Taques destacou o companheirismo dos parlamentares, que declaram apoio a sua candidatura sem qualquer tipo de benefício próprio. “Não quero ser dono de vereador, não quero ser dono de prefeito. Porque quem tem dono é coisa e pode ser vendida. Vereador não é coisa e tem que ser respeitado, porque são agentes políticos de respeito. Eu não quero ser dono, quero ter companheiros para a caminhada que nós estamos iniciando pelo Estado de Mato Grosso”, declarou. 

O candidato citou que os apoios voluntários que tem recebido pode representar uma nova história no processo eleitoral em Mato Grosso. “Mais que uma vitória política, representa uma virada de página”, destacou. 

Um dos principais articuladores para os apoios dos vereadores, o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), além de comemorar a maioria dos parlamentares na campanha de Taques, disse que o grupo pode ser ainda maior. “Estamos conversando com mais quatro vereadores e podemos chegar a 18. Mas, mais que a quantidade, queremos a qualidade dos parlamentares”, declarou o prefeito.

O prefeito ainda rebateu a possibilidade de debandada dos parlamentares que dão sustentação a sua gestão migrarem para apoiar candidaturas adversárias. “Este é um ato para restabelecer a verdade. Não houve mudança de plano dos vereadores que aqui estão, mas uma confusão plantada para tentar desestabilizar a candidatura”, criticou o socialista.

Interlocutor do grupo de parlamentares, o vereador Dilemário Alencar (PTB) entregou ao candidato ao Governo uma lista com as prioridades da capital do Estado. Ao todo, foram 12 propostas entregues “em defesa de Cuiabá”. 

Entre as propostas estão o apoio do Estado na construção de um novo pronto-socorro, repasse de R$ 30 milhões para a unidade já em 2015, quitação da dívida com a UPA (Unidade Pronto Atendimento) da Morada do Ouro, orçada em R$ 3,9 milhões, construção da clínica para dependentes químicos, garantia da conclusão do VLT e das obras demais obras da Copa, investimentos de R$ 40 milhões em infraestrutura das ruas do município e a construção de um memorial em homenagem ao ex-governador Dante de Oliveira. “Confiamos no senador Pedro Taques para o desenvolvimento da nossa região. Este grupo que está aí está de costas para a Baixada Cuiabana”, frisou o parlamentar.

Taques disse respeitar o posicionamento dos vereadores e garantiu que há condições de atender a maioria das reivindicações apresentadas, inclusive o VLT. “Vamos concluir o VLT, mas isso significa que vamos jogar a sujeira para debaixo do tapete”, reforçou.

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Angela Maria | Terça-Feira, 05 de Agosto de 2014, 15h19
    0
    0

    NOVA MODALIDADE, RECICLAGEM DE APOIO. FUNCIONA ASSIM: VOCÊ TEM APOIO DE VARIOS VEREADORES, PERDE METADE, AI REUNI A METADE QUE FICOU E RECICLA, ANUNCIANDO O APOIO QUE JÁ TINHA!

  • Bustamante | Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 20h38
    0
    0

    Juca do Guarana tambem ta com Mauro, Lilo Pinheiro tmb... Eles so nao querem dar o braco a torcer!

  • Rogério Magela | Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 19h27
    0
    0

    QUE DECADÊNCIA HEIN, ANUNCIAR APOIO DE QUEM JÁ TINHA É DE ULTIMA MESMO.CLARO SINAL QUE O BARCO AFUNDOU.

  • Ataide Ribeiro | Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 18h03
    0
    1

    Sou assessor de um vereador e a verdade é que prefeito Mauro Mendes nunca articulou o qualquer apoio dos vereadores a candidatura do senador ataques, pelo contrário ele pegou carona na coletiva para não ficar feio na foto, pois até hoje nunca o prefeito ligou para os vereadores para engajarem na campanha. Para provar isto basta a imprensa ligar para os vereadores e pedir off que eles vão confirmar.

  • Ondino Lima Neto | Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 17h42
    0
    4

    Esses marqueteiros do Taques, se formaram em Doverlândia.

  • chiquinho | Segunda-Feira, 04 de Agosto de 2014, 16h42
    3
    2

    Uai, hoje o Mendes não se importou de fazer campanha em horário de expediente? Hipocrisia pouca é bobagem

INFORMES PUBLICITÁRIOS

MAIS VÍDEOS